Topo
pesquisar

Dica de alongamento para professores

Comportamento

PUBLICIDADE

De acordo com especialistas, permanecer muito tempo em uma só posição, seja sentado ou em pé, sobrecarrega músculos e articulações, provocando dores localizadas. Sendo assim, eles recomendam aos professores andar bastante pela classe e evitar usar sapatos com salto alto.

Apontam sobre a importância de alongar antes e após as atividades didáticas, dando uma boa espreguiçada antes e depois de sair da sala de aula. Após isso, recomendam que dispense atenção aos músculos mais exigidos no decurso do dia. Sugerem então uma seqüência de exercícios para serem realizados de forma lenta, sendo cada um repetido no mínimo duas vezes:

• Pescoço. Realize o movimento de olhar para um lado e para o outro, e depois movimente-o para frente e para trás. Envolva o pescoço com as mãos para ter mais firmeza;
• Gire a cabeça para o lado direito e depois para o esquerdo.
• Ombros. Gire-os para frente e para trás e depois levante-os na direção das orelhas, enquanto inspira, e solte-os ao expirar.
• Antebraços e punhos. Com as mãos colocadas em posição de prece e os cotovelos abertos, pressione uma palma contra a outra repetidamente, durante um minuto.

Além disso, propõem também outras sugestões para quando estiver em pé e ao sentar. No primeiro caso distribua o peso de forma igual entre as duas pernas e apóie-se igualmente nos dedos e nos calcanhares. Ao sentar, mantenha sempre os dois pés no chão. Caso a cadeira seja alta para você, utilize um apoio, deixando os joelhos dobrados em um ângulo de 90 graus.

Por Patrícia Lopes
Equipe Brasil Escola

Comportamento - Educador - Brasil Escola

PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola