Topo
pesquisar

Filhos: a educação é igual para todos?

Comportamento

PUBLICIDADE

Em se tratando da educação que os pais dispensam aos filhos, uma das questões que mais os afligem é saber como lidar com os pequenos, que tem personalidades e qualidades bem distintas.

Querer criá-los de forma semelhante pode ser um equívoco. É necessário que a atitude seja coerente com o jeito de cada um. Segundo especialistas, uma idéia equivocada que os pais têm a esse respeito é a seguinte: acreditar que devem proporcionar uma educação igual aos filhos, para não correr o risco de praticarem injustiças. Os princípios da criação, sim, é que precisam ser os mesmos. Mas, por exemplo, se um dos filhos é organizado e outro não, a maneira de tratar cada um deles deve ser diferente, respeitando a individualidade de cada um.

Um dilema muito comum entre irmãos que é causado pelas diferenças é a briga. E quando interrogados sobre o acontecimento, um joga a culpa no outro. Aí vai um conselho: Quando um filho chama a sua atenção para apontar os erros do irmão, o melhor é não atender. Interfira somente quando a situação ficar insuportável ou aproximar de uma agressão física. Tenha o cuidado para não ser parcial. Se você não sabe de quem é a culpa, a bronca precisa valer para os dois.

Por Patrícia Lopes
Equipe Brasil Escola

Comportamento - Educador - Brasil Escola

PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola