Topo
pesquisar

Os pais exercendo papéis de mestres

Comportamento

PUBLICIDADE

O auxílio dos pais estimulando o interesse dos filhos por diversas matérias.

Acompanhar o desenvolvimento das crianças na escola é uma tarefa difícil para os pais, mas extremamente necessária para a evolução do filho.

Geralmente certas matérias são encaradas por crianças e adolescentes como verdadeiras representações de um castigo mediante tanta aversão por determinadas matérias que fazem parte da grade curricular exigida pelo MEC.

Eis então a origem de uma grande preocupação por parte dos pais, levando-os a buscar formas de contribuir para que seu filho gere interesse por todas as matérias.

Na verdade, esse sofrimento é decorrente das dificuldades de assimilar determinado conteúdo que o professor aplica, outros alunos acreditam que determinadas matérias não terão nenhuma utilidade para eles futuramente.

Independente da maneira como a criança encara esse tipo de situação, o que se tem como posição correta é os pais realizarem a intervenção com a finalidade de ajudar seu filho, atuando na função de uma espécie de mestre, buscando e estimulando a criança a interessar pelas diversas matérias que são estudadas no âmbito escolar.

Segundo experiências realizadas por psicopedagogos, os pais podem fazer com que a criança cultive o gosto pelo estudo de todas as matérias, para isso deverá agir de acordo com certas condutas, por exemplo:

• Ao realizar alguma atividade em casa, o ideal é que os pais ou responsáveis busquem trabalhar uma relação da matéria estudada, juntamente com o conteúdo que está sendo abordado, com situações do seu dia-a-dia.

• Ofereça e dê oportunidades para que seu filho tenha acesso fácil a livros, bem como dar prioridade para brinquedos pedagógicos, tornando o momento da brincadeira uma forma de conhecimento.

• Estimule-os a realizar leitura em jornais, em especial sobre assuntos que abordem matérias que seu filho apresenta dificuldades e até mesmo repugnância.

• Os passeios culturais, também são considerados ótimas sugestões, pois podem interagir com diferentes matérias que são estudadas.

• Visite museus com seu filho, procurando relacionar as peças expostas com o conhecimento que ele já tem de história.

• Visite livrarias com seu filho e na medida do possível compre livros do interesse dele, bem como gibis que despertam o gosto pela leitura.

• Estimule-o a realizar em casa as experiências descritas nos livros da escola.

• Nos momentos de viagens, busquem falar sobre a região, informações sobre a relação do local com os ciclos econômicos que o país já vivenciou.

• Estimule o raciocínio lógico dele por meio de jogos como cartas, dama ou dominó;

• Faça o uso do dicionário bilíngüe em casa, para que ela possa tirar dúvidas e ampliar o vocabulário, entre outros.

No sentido de ajudar os pais a resolverem dificuldades que seus filhos possam vir a apresentar, além de tudo o que foi colocado, orienta-se que enquanto responsáveis pela formação educacional de uma criança, compete a eles ficarem atentos constantemente ao desempenho escolar dos filhos, buscando práticas voltadas para as dificuldades apresentadas, tornando a matéria antipatizada mais atraente.

Por Elen Campos Caiado
Graduada em Fonoaudiologia e Pedagogia
Equipe Brasil Escola

 Comportamento - Educador - Brasil Escola 

PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola