Topo
pesquisar

Por que as crianças levam tudo à boca?

Comportamento

Você já se perguntou por que as crianças levam tudo à boca? Essa prática é uma forma de os pequenos conhecerem o mundo ao seu redor nos primeiros anos de seu desenvolvimento.
PUBLICIDADE

É comum observarmos crianças lambendo objetos ou ainda pegando qualquer material e levando-o à boca. Apesar de muitos pais tentarem evitar o comportamento, ele faz parte do desenvolvimento da criança. O acompanhamento dos pais é necessário apenas para evitar possíveis perigos, como a ingestão de peças que podem causar sufocamento.

Além disso, essa fase é importante para o desenvolvimento das defesas do corpo da criança. Entretanto, é fundamental que se cuide da higiene, evitando que a boca do bebê entre em contato com superfícies muito sujas que podem transmitir doenças.

Por que as crianças levam tudo à boca?

Até os dois anos de idade, é comum que crianças levem qualquer coisa à boca. Isso, segundo alguns autores, acontece porque a boca é usada por elas para conhecer o mundo, uma fase de experimentação oral. Nessa etapa, a boca serve para identificar o gosto e a textura dos objetos.

Para a Psicologia, levar tudo a boca seria uma forma de satisfação associada ao processo de alimentação. Segundo alguns estudiosos, a sensação no momento do aleitamento é tão prazerosa que a criança busca outras formas de conseguir prazer, como levar objetos e o dedo à boca. Costuma-se se chamar essa etapa de fase oral.

O que fazer para evitar acidentes?

Os pais não devem ser radicais ao ponto de impedir que os filhos conheçam o mundo por meio da boca. Entretanto, é importante avaliar e observar atentamente os objetos que a criança encontra pelo caminho. Veja a seguir os objetos que oferecem riscos aos pequenos:

  • Objetos de pequena dimensão: Objetos pequenos são os maiores responsáveis por bloqueio das vias respiratórias. É por isso que a maioria dos brinquedos criados para o público com idade de até dois anos contém peças maiores, que dificultam a deglutição;

  • Objetos pontiagudos e cortantes: Esses materiais podem furar e cortar a pele, gengiva e lábios da criança. Portanto, devem ficar fora do alcance delas;

  • Medicamentos e produtos de limpeza: Esses produtos podem causar intoxicação se levados à boca e, dependendo da dosagem, podem até mesmo levar a criança a óbito. Sendo assim, o ideal é que sejam guardados em locais onde a criança não tenha acesso, como armários altos e fechados.

O que fazer se uma criança ingerir algum objeto?

Ao observar que ocorreu a ingestão de algum objeto pela criança, é importante ficar atento a alguns sintomas, como dificuldade para respirar, desmaios e vômitos. Caso ocorra alguma dificuldade respiratória ou a interrupção da respiração, é fundamental procurar ajuda médica. Nos serviços de emergência, como o SAMU (192), existem pessoas capacitadas que poderão orientar e enviar profissionais para a realização dos primeiros socorros.

Quando ocorrer a ingestão de produtos tóxicos ou medicamento, recomenda-se também que se procure uma unidade de saúde. É importante, em caso de ingestão de alguma substância perigosa, principalmente ácidos, não provocar vômitos ou fazer a criança ingerir fórmulas caseiras. Essas práticas podem agravar o quadro.


Por Ma. Vanessa dos Santos

PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola