Topo
pesquisar

A diversidade biológica está sendo ameaçada

Estratégias de Ensino

PUBLICIDADE


A colaboração de todos por uma biosfera saudável.

UMA LIÇÃO DE CASA PARA TODA A COMUNIDADE

O homem é o principal responsável pela perda cada vez mais acelerada da biodiversidade do planeta. Segundo dados da Organização das Nações Unidas – ONU calcula-se que de 05 a 20% das espécies animais e vegetais já identificadas estarão ameaçadas de extinção em um futuro bem próximo, se medidas de proteção não forem tomadas com urgência.

É extremamente necessária uma educação que releve a importância da totalidade dos organismos na Terra para a manutenção da vida humana, sendo a conservação da biodiversidade em seus ecossistemas, e o equilíbrio de cada unidade elementar em contínua evolução, o fator mantenedor de um ambiente climatizado.

Existem no planeta milhões de espécies das quais apenas 1,7 milhões foram identificadas até agora. Para se ter uma idéia, em 1994, o número de espécies ameaçadas de extinção incluía aproximadamente 5.400 animais e 4.000 vegetais.

Estamos perdendo espaço em nossa casa, degradando os ecossistemas, habitat onde não mais admiraremos exuberante beleza e diversidade da fauna e flora. Ambientes que mesmo recuperados artificialmente, não expressam o potencial natural, e muito menos o conjunto de genes anteriormente vigente.

Isso é muito sério porque a biodiversidade é o maior recurso do planeta, e sem dúvida a maior oportunidade de riquezas para um país. A perda de recursos e da diversidade biológica ameaça o fornecimento de alimentos, remédios e energia, e ainda interfere no controle sobre a erosão, a purificação da água e do ciclo da atmosfera.

Um exemplo no território nacional é a destruição da Floresta Amazônica para a plantação de pasto e outros cultivos, resultando na queda de 25% de chuvas na região, elevando os níveis de dióxido de carbono na atmosfera e conseqüente déficit na colaboração da umidificação das massas de ar que adentram ao continente.

Tendo em vista a lenta, negligente, conivente e omissa ação governamental, com relação ao degradante estado de preservação de nossos biomas (Mata Atlântica, Campo Cerrado, Floresta de Araucária, Caatinga, Floresta Amazônica, Mata dos Cocais, Pantanal, Pampas e os Manguezais), devido a incessante e normalmente irregular exploração natural, é dever do cidadão esclarecido primar por um ambiente limpo e equilibrado, observando alguns princípios para uma sociedade sustentável:

- Respeitar e preservar a comunidade dos seres vivos (agir com consciência e ética, preocupando-se com as demais formas de vida);
- Conservar a vitalidade e a diversidade do Planeta Terra (proteger a estruturação ecológica da qual dependemos);
- Colaborar com a minimização e o não esgotamento de recursos não-renováveis (optar pelo uso de bens recicláveis);
- Permanecer nos limites da capacidade de suporte do Planeta (poucas pessoas consumindo muito causa tanta destruição quanto muitas pessoas consumindo pouco);
- E modificar atitudes e práticas pessoais (examinar valores e comportamentos sociais).

Por Krukemberghe Fonseca
Graduado em Biologia
Equipe Brasil Escola

Biologia - Estratégias de Ensino - Educador - Brasil Escola

É preciso que os alunos tenham consciência do que é o efeito estufa
Estratégias de Ensino Atividade sobre efeito estufa
A biosfera, parte do planeta que abriga a vida, é constituída de muitos ecossistemas
Estratégias de Ensino Equilíbrio dos ecossistemas
Os oceanos são muito importantes para a vida na Terra. (Créditos: Agência Petrobras / Marcelo Vallin)
Estratégias de Ensino Importância dos ambientes marinhos
O consumidor consciente tem a percepção de que seus atos de consumo afetam não só a si próprio, mas também a toda a coletividade e às futuras gerações
Estratégias de Ensino Consumo consciente
O Brasil concentra em torno de 12% da água doce do mundo disponível em rios
Estratégias de Ensino Água
A biodiversidade é uma das propriedades fundamentais da natureza
Estratégias de Ensino Biodiversidade
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola