Topo
pesquisar

Aula sobre frequência cardíaca

Estratégias de Ensino

Com esta aula sobre frequência cardíaca, o professor poderá abordar temas como o sistema cardiovascular e o respiratório, respiração celular e a regulação da temperatura.
PUBLICIDADE

Todas as aulas tornam-se mais divertidas quando podemos colocar em prática o que foi aprendido. Ao ensinar o sistema cardiovascular, por exemplo, tentamos deixar evidentes aos nossos alunos os processos de sístole e diástole e como eles são importantes para o transporte de nutrientes e oxigênio para todas as células do corpo.

Ensinamos também que o ritmo cardíaco varia de acordo com a atividade que estamos exercendo, com as condições físicas e psicológicas de cada um e até mesmo com a idade. Normalmente, um adulto sadio em repouso possui de 60 a 80 batimentos cardíacos por minuto. Quando esses batimentos em repouso superam os 100 bpm (batimentos por minuto), eles são considerados elevados; mas se apresentam uma frequência inferior a 40 bpm, são considerados baixos.

Nesta aula sobre frequência cardíaca, você avaliará a frequência dos batimentos cardíacos de seus alunos em repouso, logo após uma atividade física e depois de um período de descanso. Para a realização dessa atividade, você necessitará apenas de um cronômetro.

Primeiramente você deverá observar a frequência cardíaca dos alunos sem a realização de nenhuma atividade física. É importante que nesse ponto você divida os alunos em duplas. Peça para que um aluno verifique o batimento do colega por um minuto.

Para contar os batimentos, o colega deverá encostar os dedos indicador e médio no pulso do amigo, em uma região onde esteja localizada uma artéria, até conseguir sentir o batimento. Ao senti-lo, é necessário ligar o cronômetro e contar os batimentos por um período de 1 minuto.

Depois dessa avaliação inicial, peça para que seus alunos realizem uma atividade recreativa. Você poderá liberá-los para pular corda, correr, jogar futebol ou qualquer outra atividade. Estabeleça um período de tempo para a brincadeira e realize a medição da frequência cardíaca novamente. Analisada a nova frequência cardíaca, peça para que os alunos fiquem em repouso e faça a análise novamente após alguns minutos.

Para que a experiencia seja realizada com maior sucesso, peça que primeiramente apenas um integrante da dupla seja avaliado e participe da atividade recreativa. Depois de toda a análise com um dos participantes, peça para que o procedimento seja realizado com o outro.

Com esse experimento sobre frequência cardíaca, você será capaz de demonstrar como o coração trabalha diante de uma atividade física e uma situação de repouso. Nesse ponto você poderá abordar temas como a respiração celular e como esse processo está relacionado com a obtenção de energia para a realização dessa tarefa. Além disso, temas como sistema respiratório, controle da temperatura (suor) e a importância das atividades físicas podem ser abordados.

A realização de atividades simples, porém experimentais, podem ajudar na melhoria do aprendizado e no aumento do interesse pelo conteúdo ministrado.

Boa aula!

Por Ma. Vanessa dos Santos

PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola