Topo
pesquisar

Aulas lúdicas para o ensino de Biologia e Ciências

Estratégias de Ensino

Metodologias diferentes são fundamentais para o aprendizado do aluno. Por isso, aulas lúdicas para o ensino de Biologia e Ciências podem auxiliar na fixação desses conteúdos.
PUBLICIDADE

Muitas vezes, nós, professores, ficamos restritos a ministrar aulas expositivas, fugindo pouco do quadro e giz. Algumas vezes essa escolha é baseada na comodidade, uma vez que essas aulas são mais fáceis de elaborar. Entretanto, o aprendizado obtido por meio dessa metodologia é bem inferior quando comparado ao de outras.

Na Biologia e Ciências, por exemplo, frequentemente lidamos com temas que não despertam a curiosidade dos alunos. Processos e nomes complexos tornam a aula facilmente desmotivante e de difícil assimilação por parte dos alunos. Sendo assim, procurar metodologias diferentes é essencial para melhorar o aprendizado em sala de aula.

Diante dessa realidade, é cada dia mais comum o uso de atividades lúdicas em aulas de Biologia, Ciências e também de outras disciplinas. Chamamos de atividades lúdicas aquelas que estimulam e causam prazer nas pessoas que estão envolvidas, tais como jogos e brincadeiras.

A utilização dessas atividades pode contribuir positivamente para a construção do conhecimento do aluno. Os jogos, por exemplo, fazem com que os estudantes sejam desafiados e busquem as respostas para determinado problema. Além disso, fazem com que eles aprendam a interagir, ajudem o colega e também respeitem regras. As atividades lúdicas também atuam estimulando a criatividade e melhorando a autoestima.

Outro ponto importante dessas atividades é que elas tornam a rotina escolar mais leve e com menos pressão. Ao preparar-se para uma prova, por exemplo, o aluno está sob pressão de conseguir boas notas, o que faz com que o estudo seja obrigatório. Quando estamos brincando, por outro lado, não existe o peso das notas e o conhecimento torna-se prazeroso. Sendo assim, é importante não tornar o jogo uma imposição, e sim uma atividade que todos queiram participar.

É importante destacar que as aulas lúdicas necessitam de grande dedicação do professor, que deve orientar a aula e guiar o aprendizado. Preparar a aula com cuidado e compreender os objetivos que devem ser alcançados são fundamentais para que a atividade tenha sucesso.

Outro ponto fundamental é deixar que os alunos divirtam-se e entreguem-se à atividade proposta. Se o professor ficar evidenciando a cada momento o que deverá ser aprendido naquela aula, o aluno perderá o interesse na metodologia aplicada. Sendo assim, o papel do professor é estimular a atividade e não deixar que ela perca o foco.

Diante da importância das atividades lúdicas para o ensino de Biologia e Ciências, separamos alguns exemplos de brincadeiras e atividades, são eles:

- Aprendendo sobre a dengue de uma forma divertida;

- Bingo das ervilhas como forma de ensinar Genética;

- Bingo dos vertebrados;

- Jogo de perguntas e respostas para a aula de Biologia;

- Jogo do Sistema Digestório;

- Júri simulado: clones;

- Músicas de Biologia para o ensino;

- Trabalhando os sentidos em sala de aula.


Por Ma. Vanessa dos Santos

O bingo pode ser uma forma de estimular seus alunos
Estratégias de Ensino Bingo dos vertebrados
Uma boa forma de falar sobre clonagem em sala de aula é por meio de um juri simulado
Estratégias de Ensino Júri simulado: clones
Os jogos facilitam o aprendizado
Estratégias de Ensino Jogo do Sistema Digestório
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola