Topo
pesquisar

Estimulando o consumo consciente de energia elétrica

Estratégias de Ensino

O professor de Física pode desenvolver atividades que, além de reforçar o estudo sobre os conceitos que envolvem eletricidade, estimulam o consumo consciente de energia elétrica.
PUBLICIDADE

 O professor de Física, além de criar os mecanismos necessários para a compreensão dos conceitos relacionados à eletricidade, pode desenvolver um trabalho de conscientização e estimular o consumo consciente de energia elétrica. Os pontos a seguir trazem ideias de como trabalhar a questão do consumo de energia no século XXI.

 

  • Por que economizar energia elétrica?

A geração de energia elétrica de forma limpa, sem agressões à natureza, representa uma porcentagem muito tímida no total de energia gerada no Brasil. O professor pode incentivar os alunos a pesquisarem nos anuários fornecidos pelo Ministério de Minas e Energia os percentuais de energia gerada e consumida no Brasil e no mundo.

Nessa etapa, o importante é mostrar aos alunos que um consumo consciente pode diminuir os impactos sofridos pela natureza por causa da geração de energia elétrica. Segundo especialistas, os impactos ambientais para a geração de energia elétrica seriam diminuídos se cada cidadão passasse a economizar, em média, 15% de toda energia consumida em sua residência.

 

  • Quais aparelhos consomem mais energia?

Os alunos devem listar os aparelhos elétricos que possuem em suas casas, anotar a quantidade de cada equipamento, potência indicada pelo fabricante e o tempo médio de funcionamento de cada aparelho. A partir dessas informações, pode-se determinar a energia consumida e diagnosticar quais são os equipamentos que mais consomem energia elétrica.

 

  • Gráfico do consumo

Diariamente os alunos deverão anotar o valor indicado no relógio medidor de energia elétrica. De posse dos valores, o consumo diário poderá ser estimado, um gráfico de consumo mensal poderá ser criado e a média de consumo mensal poderá ser calculada. As informações sobre o consumo anotadas pelo aluno deverão ser comparadas com as informações disponibilizadas na conta de energia emitida pela companhia elétrica. A cada marcação diária maior que a anterior, o aluno deverá levantar hipóteses a respeito dos motivos pelos quais o consumo de energia foi maior naquele dia.

 

  • Ações

Os alunos devem ser estimulados a desenvolver ações para diminuir o consumo de energia:

  1. Trocar lâmpadas incandescentes por fluorecentes ou de LED;
  2. Manter apagadas as luzes de ambientes desocupados;
  3. Em dias quentes, utilizar o chuveiro na posição verão;
  4. Diminuir o tempo de banho;
  5. Não deixar as portas de geladeiras ou freezers abertas por muito tempo;
  6. Não utilizar o aparelho de ar-condicionado em temperaturas muito baixas, etc.

 

  • Relatório final

O relatório final elaborado pelo aluno deve conter os dados de consumo e geração de energia fornecidos pelo Ministério de Minas e Energia, os gráficos de consumo residencial mensal no período estipulado pelo professor, a lista de equipamentos, o tempo de consumo diário, bem como um relato sobre as medidas adotadas para diminuir o consumo de energia.

Após a entrega dos relatórios, é importante a discussão em grupo dos dados obtidos e de seus impactos sobre a realidade de cada aluno.

Por Joab Silas
Graduado em Física

PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola