Topo
pesquisar

Interpretação textual – Um benéfico procedimento metodológico

Estratégias de Ensino

PUBLICIDADE


Aguçando a memória e tornando práticos os conhecimentos adquiridos


Muitas vezes, o educador, no afã de concretizar seus propósitos em relação ao término de todas as atividades referentes ao livro didático, enfaticamente trabalha os conteúdos gramaticais, propondo e corrigindo exercícios, sugerindo pesquisas, entre uma série de outras atividades didáticas.

Com isso, a leitura de textos torna-se algo não prioritário. Às vezes os alunos a realizam de maneira superficial, sem ao menos analisar detalhadamente a questão discursiva. Concebe-se ao referido procedimento, uma falha grave por parte do educador, levando em consideração a importância retratada por este recurso pedagógico.

Partindo-se do pressuposto de que os educandos não se sentem motivados ao hábito da leitura em razão de uma série de fatores, ente eles, a ausência da participação familiar quanto ao desempenho da aprendizagem e o crescente dinamismo tecnológico, é que os mesmos necessitam ser instigados a desenvolver suas competências em desvendar a riqueza de conteúdo concernente à linguagem como um todo.

Saber interpretar um texto significa não somente apreender o que nitidamente encontra-se postulado por recursos gráficos, e sim, “capturar” as informações trazidas pelas entrelinhas, consoante às inferências que a ele se remetem, tendo em vista que todo discurso é produto de uma postura ideológica, proferida pelo autor, frente a uma determinada temática.


 

Assim sendo, cabe ressaltar que mediante à atividade realizada pela interpretação textual, faz-se necessário que haja um pleno envolvimento entre o interlocutor e o texto, no intento de destacar as palavras-chaves, analisando a essência contida em cada parágrafo, ou seja, a ideia central, realizando a comparação com outros já existentes como sendo fruto de uma intertextualidade, e, sobretudo, contextualizando-o de acordo com o seu conhecimento linguístico e sua visão de mundo.

Em meio aos benefícios obtidos pelo aprimoramento de tal competência, está a capacidade em familiarizar-se não especificamente com a disciplina de Língua Portuguesa, mas também com as demais. O educando que habilmente sabe “decodificar” o teor discursivo proposto por um determinado texto, automaticamente desenvolve suas aptidões para interpretar plenamente uma questão ligada à área de matemática, física, química, entre outras.

Por Vânia Duarte
Graduada em Letras
Equipe Brasil Escola

Português - Estratégias de Ensino - Educador - Brasil Escola

PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola