Topo
pesquisar

Jogo de tabuleiro na aula de Matemática

Estratégias de Ensino

Utilizando um jogo de tabuleiro na aula de matemática, o professor pode trabalhar diversos conteúdos de forma leve e divertida.
PUBLICIDADE

Uma abordagem diferente do contexto da sala de aula é sempre bem-vinda, pois motiva os alunos a participarem mais ativamente. Nossa sugestão de hoje é a utilização de um jogo de tabuleiro na aula de matemática, mas não um tabuleiro comum, e sim um em que os alunos possam ser as peças que se movimentam no jogo. Mas como fazer isso? Não se preocupe, a criação desse tabuleiro pode ser um processo rápido, divertido e que envolve o trabalho do professor e da turma!

Primeiramente o professor deve determinar quantas “casas” terá esse tabuleiro para que possa determinar o material a ser utilizado. Observe que, se a intenção é que os alunos sejam as peças que se movem no jogo, cada casa deverá ter, no mínimo, 30 cm de largura por 20 cm de comprimento. O material utilizado pode ser cartolina, papel cartão ou qualquer outro que a escola possua.

Com as dimensões e o material a ser utilizado definidos, o professor pode dividir certa quantidade de material entre os alunos e pedir que eles façam a decoração de cada “casa”. Assim como em um jogo de tabuleiro qualquer, podem haver os seguintes dizeres nas casas: “volte ao início do jogo”, “fique uma rodada sem jogar”, “pergunta”, entre outros.

Finalizada a confecção das casas do tabuleiro, o professor deve decidir onde será montado o jogo. Se for em um local aberto, o professor deverá providenciar uma fita adesiva para que o tabuleiro fique fixo no chão. Caso não queira que as casas percam a ordem, o professor pode providenciar uma forma de uni-las. Na imagem a seguir, é possível visualizar que cada casa do tabuleiro foi unida por barbante.

Casas do tabuleiro unidas por barbante
Casas do tabuleiro unidas por barbante

Uma sugestão para a execução dessa atividade lúdica de matemática é que os alunos joguem em duplas. Para isso, o professor pode unir cada dois alunos com uma tira de tecido ou barbante nos calcanhares. Dessa forma, o jogo torna-se muito mais divertido, além de estimular a atividade em grupo, com a cooperação mútua de cada dupla.

Como o jogo faz parte da aula de matemática, as perguntas estabelecidas devem estar relacionadas com o conteúdo que o professor está trabalhando em sala. Por exemplo, o professor pode utilizar problemas matemáticos, o cálculo de operações ou mesmo expressões numéricas. É importante que os alunos utilizem algum material para fazer os cálculos e registrá-los para posterior avaliação do professor.


Por Amanda Gonçalves
Graduada em Matemática

Utilize o “tiro ao alvo” em suas aulas de matemática. O jogo pode ser relacionado com diversos conteúdos
Estratégias de Ensino Aula de Matemática com Tiro ao Alvo
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola