Topo
pesquisar

Preparo de álcool desinfetante

Estratégias de Ensino

PUBLICIDADE

O uso do álcool desinfetante é capaz de reduzir o número de ácaros, que podem causar reações alérgicas e asma (imagem ampliada em cerca de 550 vezes)
O uso do álcool desinfetante é capaz de reduzir o número de ácaros, que podem causar reações alérgicas e asma (imagem ampliada em cerca de 550 vezes)

Introdução:

O álcool utilizado principalmente na limpeza de materiais hospitalares e na limpeza doméstica não é o 96°GL, mas sim o 77°GL. O grau GL corresponde a graus Gay-Lussac, que indicam a quantidade a um litro de álcool puro (etanol) presente em cada 100 partes da solução. Por exemplo, nesse caso de 96°GL significa que em cada 100 mL, temos 96 mL de álcool e 4 mL de água.

Assim, esse valor é uma porcentagem em volume (96%v/v e 77%v/v). Agora, quando a porcentagem se refere à massa, a sigla utilizada é INPM (porcentagem de álcool em peso ou grau alcoólico). Assim, o álcool 77%v/v ou 77°GL corresponde a 70% m/m ou 70°INPM a 15°C. E 96%v/v (96°GL) corresponde a 92,8%m/m ou 92,8°INPM.

Porcentagem de álcool em °GL e em °INPM

No entanto, o álcool 77%v/v é mais eficaz na limpeza doméstica e hospitalar, na desinfecção de superfícies fixas (como bancadas, vidrarias, equipamentos e utensílios) e também na antissepsia da pele, principalmente das mãos, do que o 96%v/v. Seu uso é necessário principalmente para a redução de ácaros, que são aracnídeos invisíveis a olho nu, mas que por se alimentarem de restos de pele estão muito presentes em locais poeirentos. Eles podem causar alergias e asma, daí a importância do uso do álcool 77% na limpeza, que reduz sua ocorrência.

Uma forma simples de se preparar essa solução hidroalcoólica é demonstrada nesse artigo e o professor pode realizá-lo em sala de aula ou em um Laboratório de Ciências, se a escola disponibilizar algum.

Essa aula experimental pode ser utilizada para desenvolver dois possíveis conteúdos, que são: “Diluição” e “Grupo funcional: Álcoois”. O primeiro conteúdo citado é usado no momento da transformação do álcool etílico 96% para 77%. Será necessário diluí-lo, segundo a fórmula da diluição de soluções (Cf. Vf = Ci . Vi).

Já o segundo conteúdo é ainda mais aconselhável, pois o álcool etílico (etanol) faz parte desse grupo funcional orgânico e é um conteúdo que normalmente vem depois de “Diluição” na grade curricular. Assim, subentende-se que os alunos já estão a par dos dois conteúdos.

Objetivo:

Preparar uma solução de álcool desinfetante (etanol 77%v/v) a partir de um álcool de concentração de 96%v/v, em que seu grau alcoólico real é de 94,7%v/v.

Materiais e Reagentes:

  • Provetas;
  • Bastão de vidro ou qualquer objeto para misturar;
  • Frasco de 1 L (recomendável um balão volumétrico);
  • 1 L de álcool doméstico (etanol 96%v/v);
  • Água (de preferência destilada).

Procedimento Experimental:

1.      Resfriar o álcool no congelador a uma temperatura igual ou aproximada a 15°C;

2.      Calcular a quantidade de água e de álcool 96% que deve ser misturada para gerar uma concentração de 77%, ou 70% em massa. Isso é feito por meio da fórmula de diluição:

Cf. Vf = Ci . Vi

Onde:

Ci = Concentração inicial (concentração do álcool na solução pura)

Vi = Volume inicial (volume do álcool na solução pura)

Cf = Concentração final (concentração desejada)

Vf= Volume final (volume desejado)

Assim, temos:

Cf. Vf= Vi
  Ci

77% . 1000 mL= Vi

        94,7%

Vi = 813,09 mL

3.      Medir essa quantidade de álcool com a proveta (813,09 mL) e transferir para o frasco de 1L;

4.      Medir a quantidade de água necessária para completar 1000 mL ou 1L (186,9 mL) e misturar com o álcool.

5.      Colocar um rótulo de identificação: “Álcool desinfetante 70%”. Sua validade é de cerca de 2 anos.


* Um álcool neutro 96°GL tem volume centesimal real de 94,7% e não de 96%, porque a tabela de força real dos líquidos espirituosos, ou seja, a tabela que indica o teor de grau alcoólico em misturas com água, é feita com instrumento graduado somente na temperatura de 15°C. Já o valor de 96% é dado em aproximadamente 21°C. Assim, é necessário conferir a tabela e colocar o valor contido lá, fazendo as devidas correções.


Por Jennifer Fogaça
Graduada em Química

Obtenção de álcool em laboratório
Estratégias de Ensino Produção de álcool em sala de aula
Nesse experimento será produzido etanol a partir da cana de açúcar
Estratégias de Ensino Preparando o etanol
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola