Topo
pesquisar

Sugestão de aula sobre textos literários e não literários

Estratégias de Ensino

Esta sugestão de aula sobre textos literários e não literários vai mostrar para seus alunos os diferentes tipos de linguagem encontrados nos diversos tipos de texto.
PUBLICIDADE

 Professor, será que seus alunos conhecem os diferentes tipos de texto? Se conhecem, será que conseguem identificá-los com facilidade? Pensando nesse assunto, o Canal do Educador traz para você uma sugestão de aula sobre textos literários e não literários que certamente vai ajudar a turma a compreender as diferenças acerca da linguagem.

O ponto de partida de nossa aula sobre tipos de linguagem será dado de maneira expositiva. Primeiramente, é preciso deixar claro para os alunos que existem dois tipos de linguagem, cujas características são definidas a partir de algumas peculiaridades intrínsecas a cada uma delas. Embora existam muitos pontos de intersecção entre as linguagens literária e a não literária, alguns elementos ajudam-nos a delimitar diferenças linguísticas: por exemplo, na linguagem literária, estão presentes algumas características não observadas na linguagem não literária, como a variabilidade, a multissignificação, a liberdade de criação, a complexidade e a conotação.

Explicadas as diferenças, a ideia é que você aborde o assunto de maneira mais prática e menos teórica, pelo menos até que os alunos estejam familiarizados com o tema. Observe as etapas subsequentes para a aula sobre textos literários e não literários:

1. Peça que os alunos levem livros, revistas e jornais para a sala de aula: A atividade também pode ser desenvolvida na biblioteca da escola, bem como no laboratório de mídias. A intenção é colocá-los em contato com diferentes tipos de texto capazes de ilustrar as diferenças entre as linguagens literária e a não literária.

2. Selecione textos não literários com a turma: Escolha reportagens, notícias, anúncios publicitários, entre outros tipos de texto, que representem o discurso não literário. Peça que, em grupos, os alunos discutam sobre as peças e demarquem características comuns a elas.

3. Selecione textos literários com a turma: Poemas, crônicas, contos e romances são ótimos exemplos de linguagem literária. Dê preferência para textos curtos que possam ser analisados em sala de aula. Peça que os alunos observem as características comuns aos textos.

4. Depois da análise dos textos, é hora de produzir: Divida a turma em dois grupos e para cada grupo peça uma atividade diferente. Enquanto metade da turma fica encarregada de produzir textos não literários, a outra metade deve dedicar-se aos textos literários.

5. Exposição dos textos literários: Os alunos responsáveis pelos textos literários deverão organizar uma exposição dos textos produzidos. Eles poderão optar por painéis bem elaborados e ilustrados e também por varais nos quais os textos possam ser pendurados e facilmente acessados por todos os alunos.

6. Apresentação dos textos não literários: Os alunos que produziram os textos não literários poderão apresentar suas reportagens e notícias em um telejornal bem-humorado, com direito a intervalos comerciais, nos quais os anúncios publicitários criados possam ser apresentados.

7. Depois de concluída a atividade, faça um feedback com os alunos: Professor, é importante que seus alunos recebam um retorno sobre a atividade desenvolvida. Esse momento é importante para que eles possam avaliar a atividade, seus pontos positivos e aquilo que puderam aprender com o projeto.

A atividade deverá ser desenvolvida em pelo menos cinco aulas. Aproveite e aborde também conceitos como gêneros textuais e tipologia textual, que são assuntos relacionados com o tema proposto. Boa aula!


Por Luana Castro
Graduada em Letras

PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola