Topo
pesquisar

Torre de Hanói

Estratégias de Ensino

PUBLICIDADE

O ensino da Matemática está diretamente ligado ao desenvolvimento de atividades lúdicas, no intuito de estimular as crianças e os jovens. Com a implantação dos jogos no cotidiano do educando verificou-se uma evolução no aprendizado da Matemática. Os PCN’s defendem e indicam a utilização de ferramentas lúdicas na educação, pois eles valorizam a criatividade do aluno, a partir do momento que a procura pela solução é desenvolvida de forma livre. Cada aluno apresenta sua forma de resolução com todos chegando à resposta ideal.

A torre de Hanói constitui num jogo estratégico capaz de contribuir no desenvolvimento da memória, do planejamento e solução de problemas através de técnicas estratégicas. O jogo se apresenta em uma base que possui três pinos na posição vertical. No primeiro pino temos uma sequência de discos com ordem crescente de diâmetro, de cima para baixo. O objetivo é passar todos os discos para o último pino com a ajuda do pino central, de modo que no momento da transferência o pino de maior diâmetro nunca fique sobre o de menor diâmetro. O jogo mais simples é constituído de três pinos, mas a quantidade pode variar, deixando o jogo mais difícil à medida que os discos aumentam.

Este jogo pode ser utilizado a partir das séries iniciais do Ensino Fundamental, no intuito de aprimorar a coordenação motora, identificação de cores, noção de ordem crescente e decrescente. Nas séries mais adiantadas, como 6º, 7º e 8º, o jogo será usado no intuito do estabelecimento de estratégias na transferência de peças, na contagem dos movimentos e no raciocínio lógico. Ele também cria uma situação envolvendo o número mínimo de movimentos necessários através da seguinte expressão matemática: 2n – 1, onde n corresponde ao número de discos. Por exemplo:

Três discos = 23 – 1 = 7
Quatro discos = 24 – 1 = 15
Cinco = 25 – 1 = 31


Veja os possíveis movimentos utilizando três discos:





1º movimento


2º movimento


3º movimento




4º movimento

 


5º movimento

 


6º movimento

 


7º movimento

 

 

Por Marcos Noé
Graduado em Matemática
Equipe Brasil Escola

Matemática - Estratégias de Ensino - Educador - Brasil Escola



PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola