Topo
pesquisar

Uso de maquetes para ilustrar o câncer de mama

Estratégias de Ensino

O uso de maquetes para ilustrar o câncer de mama é uma boa forma de mostrar aos alunos os sinais presentes nesse tipo de doença e, assim, auxiliar no seu diagnóstico precoce.
PUBLICIDADE

O câncer de mama é um tipo doença que afeta mulheres e homens. No entanto, é mais raro nesse último grupo. Esse câncer provoca a morte de muitas mulheres todos os anos, o que torna a atenção a essa doença necessária por meio de medidas preventivas. Diante desse quadro, é essencial que a informação de qualidade chegue a todas as classes da sociedade, pois, somente com o conhecimento sobre essa enfermidade, seremos capazes de evitá-la.

Nesse contexto, a escola insere-se como um local privilegiado para a obtenção de informações de qualidade sobre o câncer de mama, além de outros tipos de câncer. Entretanto, utilizar-se apenas da forma expositiva para abordar o assunto não traz o mesmo resultado quanto uma demonstração mais concreta e visual. Assim sendo, uma maneira de apresentar o problema do câncer de mama é a criação de maquetes ilustrativas sobre o tema.

→ Como preparar uma maquete para mostrar os sinais do câncer de mama?

Antes de preparar as maquetes, devemos entender que o câncer de mama é responsável por mudanças que podem ser notadas facilmente, caso a mulher conheça bem seu próprio corpo. Para isso, é necessário que ela toque e observe a aparência de suas mamas com frequência.

Entre os sinais observáveis no aparecimento desse tipo de câncer, podemos citar:

  • Surgimento de um nódulo endurecido;

  • Mudança do tamanho ou formato do seio;

  • Vermelhidão da pele das mamas;

  • Eliminação de secreção, que pode ser serosa ou sanguinolenta, pelos mamilos;

  • Abaulamento (saliência) de uma parte da mama;

  • Retração da pele ou do mamilo;

  • Inversão do mamilo ou mudança de posição ou formato;

  • Mudança da textura da pele da mama com aspecto semelhante à casca de laranja.

Conhecidos os sinais, basta fazer uma representação de cada um dos aspectos apresentados. Nesse caso, o professor pode optar por levar as maquetes já prontas ou, então, incentivar a criação e, posteriormente, a apresentação pelos alunos aos colegas e outras turmas.

Para criar os moldes, são necessários:

1. Bolas de isopor;

2. Biscuit;

3. Tinta.

As bolas de isopor serão utilizadas como base para fazer os seios. Em seguida, o biscuit será usado para encapar as bolas e dar as texturas adequadas a cada uma das situações citadas acima. Por fim, a tinta poderá ser usada parar criar detalhes, como a vermelhidão das mamas.

Espera-se que com essa aula os alunos possam verificar melhor os diferentes sinais presentes no câncer de mama e compreender que não é apenas a presença de tumor que caracteriza a doença. Entendendo melhor como esse câncer age em nosso corpo, podemos obter diagnósticos precoces e, consequentemente, salvar mais vidas.

Boa aula!


Por Ma. Vanessa dos Santos

PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola