Topo
pesquisar

Mude

Gestão Educacional

PUBLICIDADE

Eu gosto muito de ler, volta e meia encontro-me envolvida com leituras extraordinárias, que transformam o coração e a mente. Nessas minhas andanças literárias encontrei um poeta, que “poetando” sobre a vida deixou-me marca profunda, dizendo o seguinte: Mude, mas comece devagar,comece na sua velocidade. Mude. Você conhecerá coisas melhores e coisas piores do que as já conhecidas, mas não é isso o que importa. O mais importante é a mudança, o movimento, o dinamismo, a energia. Dessa forma, apenas dessa forma - você viverá.(Edson Marques)

Mudar não é fácil quando temos comportamentos arraigados, pois primeiro você faz o hábito, depois o hábito te faz, como posso mudar o que eu sou? Existe o que sou de verdade e existe o que acredito que sou. Eu posso mudar o que acredito que sou, pois foi determinado pelos hábitos, pelas circunstâncias, pelas renúncias assumidas, por desistir de correr atrás dos sonhos.

Muita gente passa pela vida, sem vivê-la, como se tivesse cristalizado o conformismo , perseguindo objetivos que não são seus, fazendo um esforço enorme para se anular, sem perceber, colocando sua existência a serviço das opiniões e vidas alheias, acreditando que a felicidade não existe, fazendo escolhas para satisfazer as pessoas que estão ao seu redor.

Pare para pensar e responda à pergunta que a vida lhe faz: “Será que isso tudo está valendo a pena?” Não faça do hábito o seu estilo de vida. Mude... Procure ser criativo, procure inovar, mude de caminho, mude de mesa, ande pelo outro lado da rua, procure andar descalço por uns dias,conheça a força da ternura e do carinho, abra as janelas e portas da vida, corra atrás dos seus sonhos, resgate o brilho dos seus olhos, fuja de um amor infeliz, vire a mesa, use a imaginação para semear novas atitudes e novas conquistas. Mude, procure a beleza da vida, invente a alegria, descubra as manhãs ensolaradas, exponha seus sentimentos, defenda seus sonhos e idéias, conduza seu coração e sua alma para a euforia de sua luz interior.

Pablo Neruda já dizia:

“Morre lentamente quem se transforma em escravo do hábito, repetindo todos os dias os mesmos trajetos, quem não muda de marca, não se arrisca a vestir uma nova cor ou não conversa com quem não conhece”.

Lembre-se, faça tudo para ser feliz. Ouse. Ame a vida e principalmente ame a si mesmo, cultive a novidade.
Mude... apenas dessa forma , você viverá. Reencontre a felicidade. Ela está dentro de você, ao alcance de sua mão, pois ela é hoje e agora, não uma estação a se esperar. É apenas uma maneira de caminhar e de enfrentar a vida. Mude... Seja feliz!

Autora: Amelia Hamze
Profª FEB/CETEC e FISO

Gestão Educacional - Educador - Brasil Escola

PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola