Observação de osmose em cebola

A observação de osmose em uma cebola é uma importante estratégia para a visualização desse fenômeno. A técnica é simples e não necessita de reagentes de alto custo.

A osmose ocorre no nosso dia a dia com frequência, como quando temperamos uma alface e ela lentamente perde água, tornando-se murcha. Entretanto, é importante que o aluno entenda que esse processo ocorre a nível celular.

→ Materiais

Para a aula prática sobre osmose, o professor precisará de:

→ Métodos

Para dar início à aula prática, pegue a cebola roxa e retire uma pequena porção da epiderme externa de uma de suas escamas. Coloque uma gota de água sobre a lâmina e coloque o pequeno fragmento sobre ela. Cubra esse pedaço de tecido com a lamínula e observe o material no microscópio. Nesse momento, é importante que os alunos anotem todas as características das células da cebola para que possam comparar com a próxima parte do experimento. Desenhar o que foi visualizado é uma boa estratégia.

Após a visualização das células na água, deve-se colocar uma pequena porção de sal ou açúcar na região próxima à lamínula. Espere por alguns minutos e visualize novamente as células. Nesse ponto, peça aos alunos que respondam a perguntas como:

→ Resultados esperados

Espera-se que no final da aula os alunos percebam que na água as células permanecem túrgidas, mas após adicionar sal ou açúcar, as células tornam-se plasmolisadas. Isso acontece por causa da perda de água por osmose, que causa a retração do volume das células.


Fonte: Brasil Escola - http://educador.brasilescola.uol.com.br/estrategias-ensino/observacao-osmose-cebola.htm