Topo
pesquisar

O Verão e as Crianças Especiais

Orientação Escolar

PUBLICIDADE

Com a chegada do verão vemos a grande movimentação das famílias para descansar e se divertir com seus filhos e parentes.

O contato social é importante para todos, principalmente no que diz respeito ao desenvolvimento das crianças, de todas as idades. Crianças portadoras de necessidades especiais também precisam desse contato, pois através dele amplia seus conhecimentos e suas vivências prazerosas com o outro.

Porém, os pais não devem se esquecer que devido ao calor e à exposição ao sol, os cuidados devem ser dobrados.

Vários são os casos em que crianças sofrem queimaduras graves por terem sido esquecidas ao sol.

Para que isso não ocorra passe um filtro solar fator máximo e registre o horário em que foi usado, lembrando que deve ser retocado por todo o período em que a criança estiver exposta ao sol. Além disso, procure mudar a posição da criança para que não fique sempre com a mesma parte à mostra.


A praia também é uma diversão
para a criança com necessidades especiais

Outro cuidado necessário é quanto à exposição dos olhos ao excesso de luz. Colocar uns óculos de qualidade nos pequenos também é fundamental, pois a falta deste pode acarretar problemas graves à retina do olho. Se a criança não consegue manter os óculos no rosto, estes poderão ser presos com o auxilio de uma borracha própria, ou então, a criança poderá ficar debaixo de um guarda-sol, fazendo o uso de uma viseira para evitar que os raios atinjam diretamente seus olhos.

Os líquidos também devem ser lembrados, pois conservar a hidratação do corpo é fundamental para se manter a saúde da criança. Procure oferecer sucos, refrigerantes, água de coco, sorvetes e picolés a todo momento, mesmo que em pequenas quantidades, a fim de evitar uma possível desidratação.

Devido ao calor e à exposição ao sol juntamente com a maresia, a pele da criança pode manifestar algumas erupções de alergia. Um banho com água doce é necessário para evitar que isso aconteça. As trocas das roupas e das fraldas também devem ser maiores, pois caso a criança fique molhada de suor ou com a urina, poderá sofrer assaduras.

Por isso, antes de sair de casa para uma viagem de férias com uma criança especial, lembre-se que estes cuidados serão necessários e organize-se para aproveitar bem o passeio. O bom mesmo é se divertir com os familiares e amigos.

Por Jussara de Barros
Graduada em Pedagogia
Equipe Brasil Escola

Veja Mais!
Tiques Nervosos
O jeito da criança manifestar que tem algo a incomodando

Orientações para Pais - Orientação Escolar - Educador - Brasil Escola

PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola