Topo
pesquisar

Desenvolvendo no aluno o hábito de estudar

Orientações

PUBLICIDADE


Desenvolvendo a postura de estudante.

A grande preocupação de pais e professores em relação ao rendimento escolar do aluno tem colocado em evidência a questão de como o aluno reflete sobre a importância dos estudos.
No intuito de fazer com que o aluno apresente melhor rendimento escolar e encare tal hábito como algo enriquecedor (e não desgastante, como é encarado por grande parte deles), os professores podem adotar determinadas estratégias que irão refletir significativamente na evolução do aluno durante o processo de aprendizagem. Observe:

Material utilizado: caderno, borracha e lápis preto.

• No primeiro momento faça um convite para a turma, leve-os a refletir sobre a importância de estudar, instigando-os a expressarem qual a melhor maneira de realizar esta tarefa com sucesso;
• Organize os alunos em pequenos grupos, evitando conversas paralelas, solicitando a eles que troquem informações sobre onde, quando e como fazem as tarefas de casa, no caso de não realizá-las relatar quais os motivos;
• Colocar manias e hábitos praticados no momento de estudo, questionar com os alunos se nesse instante alguém supervisiona ou colabora, bem como os horários preferidos.

O professor ao propor debater esse assunto com o aluno informalmente, passa a ter conhecimento da rotina de estudo sem acanhá-los, evitando que o aluno faça falsos relatos em relação à forma como conduz o estudo e esclarecendo que, enquanto professor, não se faz necessário julgar as atitudes e métodos praticados por eles.

No segundo momento, o professor pode solicitar aos alunos que registrem algumas técnicas para serem utilizadas com a finalidade de aprender com maior facilidade os conteúdos preestabelecidos. Por exemplo:
• Ler em voz alta;
• Estudar falando de frente para o espelho. Vale ressaltar que essa técnica é muito proveitosa quando se quer treinar a apresentação oral de um determinado trabalho;
• Incentivar o aluno a informar-se com antecedência sobre os assuntos constantes do programa de ensino, resultando no interesse pelo estudo e pelas aulas;

De acordo com a vivência de cada professor, inúmeras estratégias de ensino podem ser repassadas aos seus alunos, porém, não devem ser encaradas como normas a serem seguidas.
O objetivo real é evitar que o cansaço venha interferir no aprendizado, assim como facilitar a concentração e entendimento do conteúdo proposto de acordo com o nível de escolaridade de cada aluno.

O professor, como mediador e estimulador do conhecimento, tem a missão de fazer com que o aluno se valorize, que seja reconhecido como um vencedor eterno, tratando todos com igualdade, sem supervalorizar e muito menos subestimar qualquer um deles.
Bom trabalho!

Por Elen Campos Caiado
Graduada em Fonoaudiologia e Pedagogia
Equipe Brasil Escola

Orientações - Educador - Brasil Escola

É importante que o professor desperte a curiosidade dos alunos
Orientações Ensino de Ciências
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola