Topo
pesquisar

História em quadrinhos como incentivo à leitura

Orientações

O uso da história em quadrinhos na sala de aula se constitui como uma proposta didático-pedagógica que favorece o incentivo à leitura, transformando o aluno em sujeito crítico.
PUBLICIDADE

A utilização das histórias em quadrinhos no ensino faz com que os alunos tenham um bom rendimento nas escolas, possibilitando um melhor desempenho no processo de ensino e aprendizagem. Segundo Barbosa (2004, p. 21), “há várias décadas, as histórias em quadrinhos fazem parte do cotidiano de crianças e jovens, sua leitura sendo muito popular entre eles. [...] As histórias em quadrinhos aumentam a motivação dos estudantes para o conteúdo das aulas, aguçando sua curiosidade e desafiando seu senso crítico”.

 No presente texto, iremos propor a utilização das histórias em quadrinhos como incentivo à leitura dos alunos. As histórias em quadrinhos podem introduzir um tema que posteriormente será abordado a partir de outras perspectivas de ensino; podem ser apresentadas como complemento de um conceito já trabalhado pelo professor; e podem ser utilizadas para provocar debates e discussões em sala de aula, além de trazer o aluno para o universo da leitura.

Para adotar a história em quadrinhos em sala de aula, caberá ao professor realizar um planejamento das atividades na escola para estabelecer a estratégia mais didática para uma determinada faixa etária. Qual história utilizar e qual tema abordar serão escolhas do professor.

Segundo Barbosa (2004, p. 22), “Palavras e imagens, juntos, ensinam de forma mais eficiente – a interligação do texto com a imagem, existente nas histórias em quadrinhos, amplia a compreensão de conceitos de uma forma que qualquer um dos códigos, isoladamente, teria dificuldades para agir”.

No atual contexto histórico, o lidar com imagens requer tratamento minucioso, pois os alunos estão inseridos em um mundo imagético e textual. As mídias jogam a todo o momento notícias e imagens para a sociedade, que, na grande maioria das vezes, não faz uma reflexão sobre os acontecimentos e fatos.

Os momentos de reflexão dentro da sala de aula, proporcionados pelo professor, visam, portanto, enriquecer o processo de ensino e aprendizagem e a formação de sujeitos críticos. “Os quadrinhos auxiliam no desenvolvimento do hábito de leitura – a ideia preconcebida de que as histórias em quadrinhos colaboravam para afastar as crianças e jovens da leitura de outros materiais foi refutada por diversos estudos científicos. [...] Os leitores de histórias em quadrinhos são também leitores de outros tipos de revistas, de jornais e de livros”. (BARBOSA, 2004, p. 23). Portanto, os quadrinhos corroboram para o incentivo da leitura dos nossos alunos.

Leandro Carvalho
Mestre em História

PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola