Topo
pesquisar

Uma forma diferenciada de trabalhar as variações linguísticas

Orientações

PUBLICIDADE


A linguagem como forma de interação entre as pessoas.

Ao trabalhar as variedades linguísticas, o educador precisa destacar alguns pontos relevantes no que se refere às questões concernentes à língua, tais como: marcas de oralidade, níveis de registro, dialeto, neologismos, entre outros.
E agora com o advento da tecnologia, esta questão precisa ainda mais ser discutida em sala de aula, pois a chamada linguagem virtual está interferindo nas produções textuais feitas pelos alunos. É uma questão de costume, algo que acontece automático, sem que eles percebam já estão adotando a linguagem reduzida, as abreviações usadas em um diálogo pelo MSN, onde tudo é rápido para que haja a plena interação entre interlocutores.
Daí surge a necessidade de enfatizar a importância do domínio da linguagem formal, pois quando se trata da escrita, esta requer total domínio por parte do falante.
Por ser um assunto muito vasto, há também uma gama variada de formas diferenciadas para trabalhar o referido conteúdo, tais como:

Nas produções textuais, o professor poderá sugerir diversas modalidades para o texto, trabalhando a questão da linguagem informal. Ele deverá ser construído utilizando-se de um linguajar caipira, ou ainda produzir um diálogo baseado na linguagem utilizada nas salas de bate-papo, e outros.

 Promover uma dramatização explorando de um lado a linguagem formal e de outro, a informal. Para isso os atores encenarão adequando o vestuário e a linguagem a ser utilizada de acordo com a situação condizente para o momento. Neste caso, há a predominância de gírias (sem exageros e com muito bom senso) e de uma linguagem em nível mais formal.

 Quanto à questão dos dialetos regionais, é sempre bom promover uma mostra focalizando os costumes, tradições e cultura de uma forma geral, pois é uma forma de interação entre os participantes e também de transmitir conhecimentos a todos que visitarão.

Nesta mostra poderá haver exposição de comidas típicas, artesanato, danças, sarau de poesias, como é o caso da literatura de Cordel, oriunda da região nordestina.

Quando os conteúdos permitem esta diversidade, no que se refere à maneira de como explorá-los, sem dúvida os mesmos farão mais diferença no aprendizado dos alunos.

Por Vânia Duarte
Graduada em Letras
Equipe Brasil Escola

Orientações - Educador - Brasil Escola

PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola