Topo
pesquisar

Contos Infantis

Sugestões para Pais e Professores

PUBLICIDADE


Contar histórias: atitude simples que envolve vários aspectos positivos no desenvolvimento da criança.

A linguagem é a mais antiga forma de comunicação entre as pessoas, portanto os contos têm um papel importante no desenvolvimento das crianças. O ato de contar histórias e ouvir histórias ultrapassa o aspecto de linguagem prazerosa e educativa possibilitando o resgate da memória afetiva, sendo uma demonstração de afeto para a criança assim como segurá-la no colo.

Interessante não? Saiba que existem muitos outros aspectos envolvidos em uma atividade simples como esta: estimula o desenvolvimento psicológico, cultural e emocional de seu filho. Contribui na formação do ser humano, onde costumes e valores são passados; estimula a criatividade, fazendo com que a criança desenvolva a imaginação, além de ser uma oportunidade para encarar seus medos e vencer suas angústias, aspectos que podem ser trabalhados a partir da identificação das crianças com os personagens dos clássicos contos.

Questões-chave que permeiam o mundo interior dos pequenos podem ser vistas como temas centrais das histórias infantis como o receio do abandono pelos pais observados na história de João e Maria; a insegurança e o medo de crescer visto em histórias como João e o Pé de Feijão, Peter Pan ou Alice no País das Maravilhas. Outros sentimentos como ciúme e inveja estão presentes na história da Cinderela. A solidariedade e a cooperação fazem parte da relação da Branca de Neve com os sete anões.

Por Patrícia Lopes
Equipe Brasil Escola

Sugestões Pais e Professores - Educador - Brasil Escola

PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola