Topo
pesquisar

Aprender para resolver e resolver para aprender.

Trabalho Docente

PUBLICIDADE

A nova ênfase na educação muda o foco educacional, alterando o paradigma de formação da transmissão do conhecimento para construção de competências.Construir competências no ambiente educacional significa a constituição dos processos de mobilização dos conhecimentos, das emoções e do fazer.

Esse novo projeto desenvolvido pela escola implica em fazer do aluno o agente do processo, sendo o sujeito central da aprendizagem porque faz, pesquisa, pergunta, descobre, cria e aprende. As competências então passam a ser ações e operações mentais de caráter afetivo, cognitivo e psicomotor. São enfatizadas através da Pedagogia de projetos e soluções de problemas, sempre estimuladas através do “aprender para resolver e do resolver para aprender”.

As metodologias empregadas na construção das competências devem estar centradas na ação do sujeito que busca a aprendizagem. Na construção das competências as ações são desencadeadas através de desafios, problemas e de projetos que serão orientados pelo professor. O foco educacional está direcionado para a aprendizagem.
Ao falarmos em construção de competências no ambiente escolar, enfatizamos que o currículo deve ser organizado e composto por um eixo de projetos, desafios e problemas significativos, que irão desencadear ações resolutivas dentro de um contexto de produção de conhecimentos.

Quando os alunos aprendem a resolver problemas eles constroem a capacidade de aprender a aprender, buscam respostas para os desafios e problemas e através de questionamentos constroem a sua autonomia.

Ao mobilizar conhecimentos para a resolução de uma situação específica o aluno mobiliza a competência para a construção da habilidade (um conjunto de comportamentos que está associado a uma ação tanto física como mental, indicadora da capacidade, “saber fazer” algo específico).

O conjunto de habilidades humanas são traduzidas em várias capacidades: Lógico-matemática (domínio dos raciocínios lógico e dedutivo e compreensão de modelos matemáticos, estando diretamente associado ao pensamento científico) , Espacial (capacidade de formar um modelo mental preciso de uma situação espacial e de utilizar esse modelo para se orientar), Musical (aptidão para se expressar por meio dos sons, para organizá-los de maneira criativa), Corporal-cinestésica (domínio dos movimentos do corpo, que pode ser um instrumento eficiente de expressão. Agilidade de manipular objetos) , Interpessoal (capacidade de se relacionar bem como as outras pessoas),Intrapessoal (habilidade de estar bem consigo mesmo, administrar os próprios sentimentos), entre outras.

Assim pensando, o profissional da educação precisa buscar de forma contínua, informação e conhecimento, pois esses são os mais valiosos recursos estratégicos; ter uma postura investigativa e crítica, de maneira a assumir essas mudanças de paradigmas educacionais de forma natural.Entender que competências profissionais compreendem o conjunto de habilidades, agilidades e conhecimentos, que um profissional da educação precisa contar para cumprir suas atividades educativas, oferecendo garantia dos resultados das ações planejadas, para a sociedade, encaminhando propostas que façam sentido para os tempos atuais.
Refer: Perrenoud, F.

Amelia Hamze
ahamze@uol.com.br

Trabalho Docente - Educador - Brasil Escola

PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola