Topo
pesquisar

O professor na era da lousa digital

Trabalho Docente

A lousa digital permite aulas mais dinâmicas e interativas, entretanto ainda é vista com receio por grande parte dos professores.
PUBLICIDADE

É cada dia mais frequente o uso da lousa digital nas instituições de ensino, tanto em escolas particulares como em escolas públicas de todo o país. Nesse cenário, vemos professores que permanecem céticos diante dessa nova tecnologia, aqueles que não querem e não vão abandonar o velho quadro e giz, além daqueles que acham a lousa uma grande revolução. Mas será que a lousa digital é um recurso que pode mudar completamente a forma de ensinar?

Sabemos que as crianças e adolescentes estão em constante contato com computadores, tablets e supercelulares. Se a escola não acompanha a tecnologia, acaba tornando-se pouco interessante para essa nova geração. Alguns professores afirmam que essa nova forma de dar aula pode causar mais impacto no aluno, que se tornaria mais participativo e atento às aulas. Quando o aluno se vê diante de maior interatividade, fica difícil não querer participar.

As aulas tornam-se mais dinâmicas e também mais rápidas, possibilitando ao professor transmitir um número maior de conteúdo. Entretanto, deixar as aulas mais velozes e com mais informação pode ser um problema e cabe ao professor verificar se os alunos estão de fato aprendendo.

A lousa digital tem se mostrado eficiente para pessoas com deficiências físicas, pois permite, por exemplo, que um aluno consiga brincar, jogar e pintar mesmo com atividade motora comprometida, pois a lousa é sensível ao toque. O aluno que não possui habilidade de escrever pode apenas tocar! Sem dúvidas, é um importante passo para a inclusão desses estudantes.

A lousa traz um mundo de possibilidades, onde o professor pode realizar esquemas, montar modelos, demonstrar processos, apresentar imagens, trechos de filmes e documentários, além de exercícios e jogos interativos. Mas será que o professor está preparado para utilizá-la?

Diante dessa nova tecnologia, muitos professores não sabem o que fazer. Como montar uma aula? Como criar jogos interativos? A maioria não tem a resposta para essas perguntas e acaba utilizando a tão revolucionária lousa como um “simples” data show. Sendo assim, é extremamente importante que, antes de investir nesse recurso, a escola tenha em mente que deverá fornecer aos professores um curso de capacitação, pois só assim eles poderão usá-lo de forma adequada.

Também é importante destacar que os professores devem estar receptivos às novas tecnologias. As lousas não estão no mercado com o intuito de aumentar o trabalho dos professores, e sim para fornecer meios para que a aula se torne mais interativa e os alunos mais participativos.

O professor deve ter em mente que durante toda a vida estamos aprendendo e nosso meio está em constante transformação. Devemos entender também que muitas vezes nossos alunos sabem muito a respeito dessas mudanças tecnológicas e não há mal nenhum em aceitar que eles, muitas vezes, saibam mais que nós, professores. Por que não permitir que eles também nos ensinem?


Por Ma. Vanessa dos Santos

PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola