Whatsapp

A música como aliada da didática

Estratégias de ensino-aprendizagem

PUBLICIDADE


A eficácia da música perante o trabalho didático


A princípio, tal metodologia parece ineficaz, visto que a música mantém estreita ligação com momentos de descontração, momentos estes não propícios para o ambiente de sala de aula.

Porém, ao levarmos em consideração o universo dos educandos, percebemos que a mesma traduz-lhes certa familiaridade, razão pela qual torna-se objeto de interesse pelos mesmos, facilitando, portanto, uma melhor apreensão no que se refere aos conteúdos ministrados.

Atendo-se à questão da Língua Portuguesa, mais especificamente à classe gramatical dos verbos, o educador poderá se valer de uma conhecida música da cantora Pitty, intitulada: “Admirável chip novo”.

Não raras as vezes, a música, tal como a literatura, por meio de seu discurso implícito traduz uma denúncia ao sistema social, promovendo uma autorreflexão por parte do interlocutor. Essa possibilidade propicia ao educador estimular o senso crítico dos alunos, tornando-os mais aptos a conviver diante da realidade que os cerca.

No intento de tornar mais claro a proposta, cita-se alguns fragmentos, os quais se evidenciarão os objetivos mencionados:

Pane no sistema, alguém me desconfigurou
Aonde estão meus olhos de robô?
Eu não sabia, eu não tinha percebido
Eu sempre achei que era vivo
Parafuso e fluído em lugar de articulação

Até achava que aqui batia um coração
Nada é orgânico, é tudo programado
E eu achando que tinha me libertado
Mas lá vem eles novamente
E eu sei o que vão fazer:
Reinstalar o sistema

Pense, fale, compre, beba
Leia, vote, não se esqueça
Use, seja, ouça, diga
Tenha, more, gaste e viva
Pense, fale, compre, beba
Leia, vote, não se esqueça
Use, seja, ouça, diga...
Não senhor, Sim senhor (2x)

(...)

Até achava que aqui batia um coração
Nada é orgânico, é tudo programado
E eu achando que tinha me libertado

Mas lá vem eles novamente
E eu sei o que vão fazer:
Reinstalar o sistema
(...)

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Por meio da mesma, mais precisamente na terceira estrofe, é notória a possibilidade de explorar o modo imperativo dos verbos, em consonância com uma análise mais aprofundada em relação à mensagem que ora nos é transmitida.

Promover um debate seria de grande valia, pois a letra nos permite perceber que o “sistema” a que ela se refere, é o verdadeiro poder das regras sociais impostas pela sociedade, às quais estamos completamente submetidos.

Posteriormente a esta medida, poderá ser solicitada uma Dissertação Argumentativa com base nesta temática, com vistas a aperfeiçoar a capacidade de argumentação e aprimorar cada vez mais a escrita.


Por Vânia Duarte
Graduada em Letras
Equipe Brasil Escola

Português - Estratégias de Ensino - Educador - Brasil Escola

Artigos Relacionados
A música no ensino de gramática permite que os conteúdos sejam expostos de maneira lúdica, contemplando assim as inteligências múltiplas dos alunos.
Em um ambiente heterogêneo, múltiplas inteligências poderão ser despertadas. Que tal por meio da música e da poesia? Confira algumas sugestões!
O uso da música “Drama de Angélica” em uma aula de Química pode ajudar os alunos a verem como os conceitos científicos estão ligados aos saberes cotidianos.
  • Facebook Brasil Escola
  • Instagram Brasil Escola
  • Twitter Brasil Escola
  • Youtube Brasil Escola
  • RSS Brasil Escola