Whatsapp

Aula prática: dor muscular tardia

Estratégias de ensino-aprendizagem

PUBLICIDADE


A dor muscular tardia, uma das lesões esportivas mais frequentes, pode ser trabalhada na escola.

A dor muscular tardia (DOMS) é aquela que se manifesta algumas horas após atividades físicas intensas, com pico de dor ocorrendo aproximadamente vinte e quatro horas mais tarde.

Durante muito tempo, tal desconforto era considerado como sendo a consequência do acúmulo de lactato nesta região. Entretanto, sabe-se hoje que, apesar de tais concentrações aumentarem durante estas atividades, tais valores diminuem e atingem concentrações normais cerca de meia hora depois deste momento. Assim, não é o lactato o grande responsável pela DOMS.

Para desmistificar tais questões com alunos do Ensino Médio (ou Ensino Superior), pode ser feita uma atividade que deverá ser desenvolvida pelos professores de Biologia e Educação Física, em parceria com alguma Faculdade ou laboratório que possuam aparato para análise de lactato e de creatina quinase a partir de amostras sanguíneas.

Para tal, serão necessários aproximadamente cinco voluntários, com pelo menos dois de cada sexo; e aparato para recolhimento de amostras sanguíneas, preferencialmente com profissional especializado para tal atividade.


Desenvolvimento da atividade:

Os voluntários deverão exercer um exercício de corrida exaustiva (por exemplo: duas corridas intensivas de 200 metros), com o objetivo de aumentar a concentração de lactato no sangue, e promover o desconforto muscular.

Antes deste momento, deve ser coletado cerca de 3 mL de amostras de sangue de cada voluntário. Logo após a corrida, duas e quatro horas depois; mais três amostras serão retiradas.

As dosagens de lactato e de creatina quinase (enzima muscular) de cada um dos tubos de amostra sanguínea deverão ser encaminhados para análise. Assim que disponibilizados os resultados, professores deverão reunir seus alunos, a fim de discutir os resultados.

Nestes, será perceptível o aumento das concentrações de lactato logo após as atividades físicas, mas com os valores nos períodos de duas e de quatro horas após os exercícios se apresentando semelhantes aos da primeira amostra. Quanto à creatina quinase, será perceptível um aumento gradativo de suas concentrações, com diferença significativa entre os valores da primeira e última amostra coletadas.

Tais resultados deixam explícito que as concentrações de lactato no sangue diminuem antes mesmo do surgimento das DOMS; e que a creatina, ao contrário, indica estar relacionada ao desconforto muscular tardio, provavelmente indicando perturbações na membrana muscular (sarcolema).

Observação: pode ser de extrema importância a assinatura de termo de compromisso relativo à participação dos respectivos voluntários desta atividade.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Por Mariana Araguaia
Graduada em Biologia
Equipe Brasil Escola

Biologia - Estratégias de Ensino - Educador - Brasil Escola

  • Facebook Brasil Escola
  • Instagram Brasil Escola
  • Twitter Brasil Escola
  • Youtube Brasil Escola
  • RSS Brasil Escola