Topo
pesquisar

Construindo o experimento de Oersted

Estratégias de ensino-aprendizagem

PUBLICIDADE

Sabemos que até o início do século XIX a eletricidade e o magnetismo eram estudados de forma separada, ou seja, considerava-se que não havia nenhuma ligação entre esses dois fenômenos.

No ano de 1820, foi anunciado um experimento, realizado pelo físico Hans Christian Oersted, que constatou a ligação entre a eletricidade e o magnetismo.

Oersted verificou que a agulha de uma bússola mudava de direção quando a corrente elétrica passava em um fio condutor que estava bem próximo dessa bússola. Dessa forma, ele pôde concluir que além dos ímãs, as correntes elétricas também produzem campo magnético, cujo sentido depende do sentido da corrente elétrica.

A atividade experimental proposta tem a finalidade de comprovar o experimento de Oersted.

Vamos precisar de:


- um pedaço de fio condutor (flexível)
- uma bússola
- cola pequena
- uma bateria pequena
- um pedaço de madeira (20cm x 20cm)

Montagem do aparato experimental

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Como mostra a figura acima, fixe com cola a bússola no pedaço de madeira. Em seguida, no lado oposto ao da bússola, cole a bateria. Ligue as extremidades do fio condutor nos polos da bateria, polo positivo e polo negativo. Dobre o fio para que ele fique próximo à superfície de vidro da bússola, a fim de verificar com mais eficiência o deslocamento da sua agulha.

É interessante que o fio fique com uma extremidade livre, servindo de chave aberta ou fechada (em contato com o polo da bateria).

Conectando o fio ao polo da bateria, verifique o que acontece com a agulha da bússola, qual direção ela toma. Caso coloque o fio na direção norte-sul, observe que a agulha da bússola ficará paralela ao fio quando o mesmo for percorrido pela corrente elétrica.

Por Domiciano Marques
Graduado em Física
Equipe Brasil Escola

Física - Estratégias de Ensino - Educador - Brasil Escola

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola