Whatsapp

Construindo uma pilha

Estratégias de ensino-aprendizagem

PUBLICIDADE

No dia a dia nos deparamos com vários materiais que necessitam de eletricidade para funcionar perfeitamente. Geralmente aparelhos eletrônicos muito pequenos funcionam utilizando pilhas.

As pilhas são utilizadas em diversos objetos, como por exemplo, nos relógios, brinquedos, rádios, controle remoto da TV, lanternas, etc.

O experimento proposto é de caráter demonstrativo e tem por objetivo mostrar o princípio de funcionamento de uma pilha utilizando materiais de baixo custo.

Para a construção de uma pilha vamos precisar dos seguintes materiais:

- 2 chapas de zinco 8 cm x 2 cm de largura
- 2 chapas de cobre 8 cm x 2 cm de largura
- 2 copos plásticos de 200 ml
- 1 LED (vermelho)
- 3 jacarés (conectores) ou 3 pedaços de fios de cobre de 20 cm
- vinagre

Primeiramente, coloque uma chapa de cobre e uma de zinco em cada copo plástico. Em seguida, encha-os com vinagre como mostra a figura abaixo.

Após enchê-los com vinagre, utilize um jacaré de ligação ou um fio de cobre e ligue uma chapa de zinco a uma chapa de cobre, como na figura abaixo.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Ligue em série a chapa de zinco, o LED e a chapa de cobre de acordo com a figura abaixo.

Temos que ficar atentos para que o LED não seja ligado de forma errada. Sua ponta maior deverá ser ligada à chapa de cobre e a ponta menor deverá ser ligada à chapa de zinco pelo fato de o LED conduzir corrente elétrica somente para um sentido.
Utilizamos o LED ao invés de lâmpada de lanterna, por exemplo, pois o mesmo transforma praticamente toda energia elétrica fornecida pela pilha em luz.

Por Domiciano Marques
Graduado em Física
Equipe Brasil Escola

Física - Estratégias de Ensino - Educador - Brasil Escola

Artigos Relacionados
Clique aqui e veja o passo a passo para a construção de uma vitrola, um experimento que pode auxiliar o professor nas aulas sobre ondas sonoras.
A seguir temos a descrição de como desenvolver uma pilha de bata e como é o princípio do seu funcionamento.
Veja aqui uma atividade experimental que pode ser levada para a sala de aula a fim de torná-la mais interessante.
  • Facebook Brasil Escola
  • Instagram Brasil Escola
  • Twitter Brasil Escola
  • Youtube Brasil Escola
  • RSS Brasil Escola