Topo
pesquisar

Dilatação Linear dos Sólidos

Estratégias de ensino-aprendizagem

PUBLICIDADE


A relação do alumínio da caixinha de leite e a dilatação

Ao abordar o tema dilatação linear sempre nos preocupamos em mostrar aos alunos exemplos que conhecemos e vemos rotineiramente, como a dilatação decorrente do calor do sol sobre trilhos de ferro, a folga deixada nos fios elétricos a fim de não serem rompidos em virtude da diminuição de temperatura, a preferência das mulheres em se depilarem com cera quente ao invés de cera fria, enfim, diversos exemplos.

Mas um experimento muito fácil e prático para se mostrar esse tipo de dilatação é feito com materiais que poderiam ir para o lixo, sem antes serem reaproveitados. É o que vamos montar agora.

Você vai precisar de:
• 1 caixinha de leite longa vida
• 1 caixa de fósforos
• tesoura

Então, durante a aula, você pode mostrar para os alunos como funciona a dilatação nos corpos. Depois de abrir a caixa com uma tesoura, você vai colocar a parte laminada da caixinha de leite longa vida em contato com o fogo do fósforo.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Depois de alguns segundos, poderão perceber que a parte laminada da caixinha se dilatou e está maior que o limite do papel.

Isso acontece pelo fato do alumínio sofrer uma variação em seu comprimento, durante o tempo em que é colocado em contato com o fogo e, além disso, o papel alumínio tem um ótimo valor de dilatação térmica linear, valendo 24.10-6 ºC -1.

Concluído o experimento é fácil mostrar à turma que, ao serem aquecidos, os corpos se dilatam e, ao terem suas temperaturas reduzidas, sofrem uma contração.
 

Por Talita A. Anjos
Graduada em Física
Equipe Brasil Escola

Física - Estratégias de Ensino - Educador - Brasil Escola

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola