Topo
pesquisar

Energias Limpas

Estratégias de ensino-aprendizagem

PUBLICIDADE


Energia eólica, uma fonte renovável e que não emite poluentes

O uso de energias é de fundamental importância para a realização das atividades humanas e, principalmente, industriais. Os de origem não renovável, ou seja, que irão se esgotar na natureza (carvão mineral, petróleo e gás natural) são os mais utilizados no mundo (87%). O agravante desse fato é que além de um dia serem extintas da natureza, essas fontes energéticas são responsáveis por grandes problemas ambientais.

Nesse sentido, há uma preocupação com o futuro, sendo o desenvolvimento de energias alternativas uma possível solução para o problema (energia eólica, energia solar, energia geotérmica, etc.). O fornecimento dessas fontes alternativas está crescendo, no entanto, em razão dos elevados custos de instalação, seu uso é bem restrito, sendo mais comum em países desenvolvidos.

Ao abordar esse conteúdo em sala de aula, pergunte aos estudantes quais as fontes energéticas que eles conhecem e a origem delas. Em seguida, monte um painel no quadro com a colaboração dos alunos contendo a classificação das fontes conforme sua origem: Renovável x Não Renovável.

Após a construção do painel contendo a classificação da fonte energética, realize a elucidação de cada uma – forma de obtenção, principais usos, consequências ambientais. É importante destacar os problemas ambientais ocasionados pelo uso das energias de origem fóssil e os benefícios gerados pelas energias limpas (não emitem poluentes). Dê ênfase na abordagem da energia solar, eólica e geotérmica, pois essas fontes são as menos agressivas ao meio ambiente.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Posteriormente, apresente aos alunos o quadro de produção de energia por fonte, assim a turma terá conhecimento das principais matrizes energéticas produzidas no mundo e no Brasil. Conforme a Agência Internacional de Energia, a distribuição é a seguinte:

Produção Mundial:

Não Renovável – 87,3%.
Petróleo – 34%.
Carvão – 26,5%
Gás natural – 20,9%
Nuclear – 5,9%

Renovável – 12,7%
Biomassa – 9,8%.
Hidráulica – 2,2%.
Outras (geotérmica, eólica, solar) – 0,7%.


Produção Brasileira:

Não Renovável – 54,2%.
Petróleo – 37%.
Carvão – 5,3%.
Gás natural – 10,4%
Nuclear – 1,5%

Renovável – 45,8%.
Biomassa – 29,6%.
Hidráulica – 12,7%.
Outras (geotérmica, eólica, solar) – 3,5%.

Compare os dados brasileiros com os dados mundiais de produção de energia. Solicite uma pesquisa sobre as fontes limpas de energia (geotérmica, eólica, solar), abordando a forma de obtenção e os benefícios ao meio ambiente.

Por Wagner de Cerqueira e Francisco
Graduado em Geografia
Equipe Brasil Escola

Geografia - Estratégias de Ensino - Educador - Brasil Escola

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola