Whatsapp

Experimento sobre balanceamento e tipos de reações químicas

Estratégias de ensino-aprendizagem

PUBLICIDADE

Um dos fatores que mostram que houve uma reação química é a formação de precipitado
Um dos fatores que mostram que houve uma reação química é a formação de precipitado

Introdução:

Ao nosso redor vemos muitas reações químicas: um prego que enferruja, um antiácido que entra em efervescência na água, a combustão de um palito de fósforo, e assim por diante. Até mesmo dentro de nós, em nosso organismo, ocorrem reações químicas que são responsáveis pela manutenção de nossas vidas.

Essas e outras reações químicas são representadas por equações químicas que devem estar devidamente balanceadas, isto é, possuir o número total de átomos dos reagentes iguais aos do produto.

As reações químicas, no entanto, só ocorrem se determinadas condições forem satisfeitas. Existem quatro tipos de reações inorgânicas:

• Reações de síntese ou adição;
• Reações de decomposição ou análise;
• Reações de metátese ou de dupla troca;
• Reações de oxirredução ou simples troca.

Alguns fatores que indicam a ocorrência de uma reação são:

• Liberação de gás;
• Mudança de coloração;
• Formação de precipitado, entre outros.

Para que os alunos vejam como é possível identificar a ocorrência de reações, o tipo de cada uma e como escrever suas respectivas equações químicas balanceadas, o professor pode utilizar experimentos rápidos e simples que irão enriquecer a exposição desse conteúdo em sala de aula.

Objetivo:

Equacionar, balancear e classificar as equações químicas.

Material e reagentes utilizados:

  • Água de cal;
  • Batata;
  • Água oxigenada (10 volumes);
  • Solução aquosa de cloreto de ferro III;
  • Solução aquosa de hidróxido de sódio;
  • Palito de churrasco;
  • Fósforos;
  • Três tubos de ensaio;
  • Canudo;
  • Conta-gotas;
  • Pinça metálica ou pregador de roupa.

Procedimento experimental:

Serão realizadas e analisadas três experiências separadamente, sendo que a primeira deverá ser feita preferencialmente pelo professor:

1ª Experiência: coloque dentro de um tubo de ensaio um pouco da água oxigenada e em seguida um pedaço da batata crua. Os alunos vão observar uma efervescência, que é a liberação de oxigênio.

Depois de observar o que ocorreu, acenda o fósforo e coloque fogo no palito de churrasco, de modo que fique uma chama pequena; introduzindo-o, posteriormente, na boca do tubo de ensaio, sem encostar na solução.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Efervescência da batata em água oxigenada – reação de decomposição

2ª Experiência: em outro tubo de ensaio, coloque um pouco de água de cal e peça aos alunos que a assoprem, utilizando o canudo e observando a mudança de coloração;

Mudança de coloração ao assoprar água de cal – reação de metátese

3ª Experiência: misture o cloreto de ferro III com o hidróxido de sódio, em uma proporção de 4:1. Por exemplo, é possível colocar 40 gotas do cloreto de ferro III e 10 gotas do hidróxido de sódio. Tem-se a formação de um precipitado marrom.

Formação de precipitado ao misturar cloreto de ferro III com hidróxido de sódio – reação de metátese

Resultados e discussão:

Baseado nas observações dos alunos e em seus conhecimentos de química, o professor pode pedir que eles escrevam as fórmulas dos reagentes utilizados (água oxigenada (H2O2)), água de cal (que é o hidróxido de cálcio(Ca(OH)2), cloreto de ferro III (FeCl3) e do hidróxido de sódio (NaOH)).

Em seguida, o professor pode pedir que os alunos escrevam as reações que ocorreram. Lembrando que o educador deve explicar cada reação, principalmente a primeira, em que a água oxigenada reage com a presença de uma enzima catalizadora da batata (a catalase). Assim, as reções serão as seguintes:
1ª Experiência: 2 H2O2  2 H2O  + O2
2ª Experiência: Ca(OH)2 + CO2 → CaCO3 + H2O
3ª Experiência: 3 NaOH + FeCl3 → Fe (OH)3 + 3 NaCl

Por fim, peça que classifiquem cada reação presenciada.
1ª Experiência: decomposição;
2ª Experiência: metátese;
3ª Experiência: metátese.


Por Jennifer Fogaça
Graduada em Química
Equipe Brasil Escola

Artigos Relacionados
Veja um experimento em que se reage o carbonato das cascas dos ovos e o ácido acético do vinagre para demonstrar o conteúdo de condições para a ocorrências de reações.
Professor, quer ajudar seus alunos a saberem a diferença entre fenômenos físicos e químicos e conseguir indicar se houve uma reação química ou não? Então, leia esse texto!
Experimento fácil que pode ser usado em sala de aula para explicar como ocorre uma reação de decomposição e como atuam os catalisadores.
Clique aqui e conheça uma estratégia de ensino para explorar a titulação em sala de aula de uma forma diferente e marcante para seus alunos.
O vulcão de levedura é uma forma de se trabalhar a enzima catalase com os alunos. Veja aqui!
Clique aqui e veja uma proposta de aula prática sobre o líquido do inferno que explora a questão da ocorrência de reações químicas!
Veja como você pode prever se ocorrerá alguma reação com formação de precipitado quando se misturam soluções de íons.
O “vulcão de dicromato de amônio” é uma famosa experiência de química que tem um efeito espetacular de emissão de luz e projeção da matéria.
  • Facebook Brasil Escola
  • Instagram Brasil Escola
  • Twitter Brasil Escola
  • Youtube Brasil Escola
  • RSS Brasil Escola