Whatsapp

Fisiologia Vegetal: recuperação da turgescência em ramos murchos

Estratégias de ensino-aprendizagem

PUBLICIDADE

Badens pilosa, o picão-preto

* Roteiro de aula prática

Esta aula pode ser aplicada a alunos de todas as séries, adequando as propostas de atividades de acordo com o esperado para a faixa etária. Como é de fácil execução, uma vez que os materiais solicitados são fáceis de serem providenciados e o procedimento consiste em etapas simples, pode ser aplicado nas mais diversas escolas.

Recuperação da Turgescência em ramos murchos

Materiais:

- Três ramos de Picão (Bidens pilosa)
- três béqueres, enumerados de 1 a 3
- 750 mL de água

Procedimentos:

1- Coloque 250 mL de água no béquer 1 e insira neste um dos ramos.

2- Corte a base do segundo ramo e coloque-o no béquer 2, contendo a mesma quantidade de água.

3- No terceiro béquer, insira o ramo e corte sua base dentro dos 250mL de água

4- Dê ao experimento um intervalo de uma hora

Dica:
Aproveite para explicar sobre relações hídricas: perda de água das plantas por transpiração, gutação, estômatos, recuperação de turgescência etc.

5- Peça aos seus alunos que esquematizem os resultados e elaborem hipóteses sobre o que ocorreu em cada um dos três ramos.

6- Após o tempo estabelecido, peça aos seus alunos para que observem o que aconteceu.

Resultados:

Os ramos recuperam, aos poucos, a turgescência, sendo que o de número 3 se recupera mais rápido, seguido do 2 e 1.

Atividade:

- Peça para que desenhem os ramos antes e depois do experimento.
- Solicite que elaborem hipóteses acerca de o porquê do ramo 3 ter se recuperado de forma mais rápida e por que o ramo 1 foi o de processo mais lento.
- Pode ser cobrado relatório para séries mais avançadas.

Por Mariana Araguaia
Equipe Brasil Escola

Biologia - Estratégias de Ensino - Educador - Brasil Escola

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
  • Facebook Brasil Escola
  • Instagram Brasil Escola
  • Twitter Brasil Escola
  • Youtube Brasil Escola
  • RSS Brasil Escola