Topo
pesquisar

Força de tração em um fio

Estratégias de ensino-aprendizagem

PUBLICIDADE

Nos nossos estudos sobre o princípio fundamental da dinâmica, enunciamos a segunda lei de Newton que estabelece que a resultante das forças aplicadas a um ponto material de massa m produz uma aceleração a tal que F = m.a, isto é, F e a têm a mesma direção, o mesmo sentido e intensidades proporcionais.

Uma das forças resultantes que podem atuar em um corpo é a força de tração. A força de tração surge em um corpo quando este se encontra preso a um fio ideal esticado, como por exemplo, o varal, elevador, as luminárias suspensas por fios de aço, etc. É bom lembrarmos que a tração em um fio é a mesma nas duas pontas, porém possui sentidos contrários, sendo a força resultante em um fio nula quando ele não possui massa.

Com a finalidade de tornar o conteúdo interessante e divertido, pode-se utilizar tirinhas com histórias simples e de fácil entendimento.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

De acordo com a tirinha acima, o personagem Garfield se depara com um “bolinho” que desperta sua atenção. Ao aproximar-se do bolinho, com a intenção de comê-lo, o bolinho rapidamente sobe, deixando-o atônito. Ao observar o que estava acontecendo, ele percebeu que o bolinho foi puxado pelo seu dono.

Em um segundo momento, ainda utilizando a tirinha, monte uma situação na qual o aluno terá que, por si só, localizar a tração no fio, localizar a força peso, determinar a força peso e descobrir a aceleração do móvel.

Vamos considerar que o bolinho do Garfield possua uma massa de 300 g e que a tração na corda a ela presa seja 4 N, desprezando a massa do fio, ou seja, considerando um fio ideal. Com os dados fornecidos, determine com qual aceleração o bolinho sobe.

Por Domiciano Marques
Graduado em Física
Equipe Brasil Escola

Física - Estratégias de Ensino - Educador - Brasil Escola

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola