Topo
pesquisar

Luzes de Neon em sala de aula

Estratégias de ensino-aprendizagem

PUBLICIDADE


Pulseiras de Néon.

Jovens se interessam por assuntos que envolvem seu cotidiano. Como são modernos e despojados, detestam temas ultrapassados. Essa preferência pelo novo, atualizado, se aplica também para aulas ministradas, e com o conteúdo de Química não poderia ser diferente, até mesmo porque alunos de Ensino Médio compreendem a faixa etária de 15 – 18 anos, ou seja, são adolescentes loucos por novidades.

Alunos na idade mencionada acima adoram festas, “curtir a night” como eles próprios dizem, e nosso assunto neste contexto envolve um objeto encontrado justamente nesse ambiente. As chamadas Luzes de Neon são sucesso em eventos noturnos, aparecem na forma de pulseiras e colares que dificilmente passam despercebidos, descubra agora a razão!

Para o assunto virar tema em sala de aula, traga aos alunos objetos iluminados com as tais luzes. Você pode encontrá-los em locais que vendem artigos para festas, se possível presenteie cada aluno com uma amostra, como já foi dito, existem na forma de pulseiras, colares, óculos, etc.

Comece a aula aplicando a teoria: qual é a base de funcionamento dos luminosos de Neon? A excitação dos elétrons presentes no interior desses objetos produz energia capaz de gerar luz: é o fenômeno chamado de fluorescência. Os elétrons excitados são provenientes do elemento Neônio, daí o porquê do nome.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Mas não somente o gás Neônio se faz presente na composição de pulseirinhas fluorescentes, veja como a adição de outros elementos dá coloração e vida a essa brincadeira com luzes:

Neônio (Ne) + Gás carbônico (CO2) → luz violeta

Neônio (Ne) + Mercúrio (Hg) → luz azul

Neônio (Ne) puro → luz vermelha

Aplicação: Distribua diferentes cores de pulseiras de Neon entre os alunos, peça a cada um para definir a composição química da que está em suas mãos, quem acertar leva o acessório para casa.

No dia posterior a essa aula os alunos podem apresentar a seguinte dúvida: por que minha pulseira parou de brilhar? É hora de explicar que a excitação de elétrons nesse caso, só se dá durante 4 ou 6 horas, após esse período os mesmos voltam à órbita original perdendo assim o brilho.

Por Líria Alves
Graduada em Química
Equipe Brasil Escola

Veja mais!

Neônio
Saiba mais sobre este gás nobre

Química - Estratégias de Ensino - Educador - Brasil Escola


  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola