Whatsapp

Seres invisíveis em nossas mãos

Estratégias de ensino-aprendizagem

PUBLICIDADE


Lavar as mãos: um hábito muito saudável.

O simples hábito de lavar as mãos permite com que seja evitada uma gama de doenças, como conjuntivite, cólera, gripe, resfriado, hepatite A, infecções hospitalares e diarreias. Entretanto, esse fato nem sempre é lembrado – talvez pela incapacidade que temos de ver, a olho nu, bactérias, vírus, fungos, cistos e ovos de algumas espécies de organismos patogênicos.

Considerando que o aluno passe grande parte de seu dia na escola, trabalhar essa questão é uma excelente forma de auxiliá-lo a incorporar este ato em sua vida diária. Tal atividade pode ser desenvolvida em qualquer série, respeitando a capacidade de assimilação de cada uma.

Materiais necessários:

Cinco recipientes contendo açúcar diluído em água;
Cinco tubos de ensaio com tampa;
Cinco funis, conta-gotas ou pipetas;
Azul de bromotimol;
Detergente;
Álcool;
Antisséptico;
Desinfetante;
Algodão;
Caneta de retroprojetor ou etiqueta.

Em ação:

Escolha cinco voluntários para a atividade. Peça para que sujem suas mãos, colocando-as no chão, na sola do sapato, etc.

Após esse momento, peça para lavá-las. Para tal, um deverá utilizar apenas água; outro, água e detergente; o próximo, álcool; o seguinte, antisséptico; e outro, desinfetante. Todos devem fazer este procedimento por 30 segundos.

Após a lavagem das mãos, cada um deve repetir a lavagem, mas no recipiente contendo o açúcar.

Com conta-gotas, funil ou pipeta, uma quantidade razoável de cada amostra desta água deve ser colocada em tubos de ensaio, previamente identificados.

Embeba pedaços de algodão no bromotimol e coloque-os nos tubos de ensaio, sem encostá-los nas amostras. Tampe cada um destes sistemas.

Na próxima aula, verifiquem o que ocorreu com cada um dos tubos. Peça para que seus alunos expliquem o que pode ter acontecido para que alguns destes se apresentassem de cor amarelada e outros, não. Relacione os resultados com o tipo de lavagem de mãos. Explique a importância desse hábito para a nossa saúde.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Por Mariana Araguaia
Graduada em Biologia
Equipe Brasil Escola

Biologia - Estratégias de Ensino - Educador - Brasil Escola

Artigos Relacionados
Confira algumas estratégias de como trabalhar a gripe H1N1 em sala de aula!