Topo
pesquisar

Química do brigadeiro

Estratégias de ensino-aprendizagem

PUBLICIDADE


Qual o segredo dessa delícia?

Que tal preparar uma aula envolvendo a química presente no feitio de brigadeiro? Será uma oportunidade de relacionar conteúdo e prática de uma forma bem saborosa!

Este contexto é referente à Estequiometria. Para uma melhor fixação da matéria é aconselhável aplicar a teoria concernente a este conteúdo.

Professor, para que seus alunos entendam o conteúdo estequiométrico, é fundamental saber que transformações químicas acontecem numa proporção entre as substâncias que reagem, e essa proporção tem que estar correta.

Para fazer um bom brigadeiro precisamos obedecer a esse princípio químico, colocando a quantidade certa de cada ingrediente. Portanto, vamos aos ingredientes da sobremesa:

1 lata de leite condensado
5 colheres (sopa) de chocolate em pó
1 colher (sopa) de manteiga

Modo de fazer: misture todos os ingredientes em uma panela e leve ao fogo brando até começar a desprender do fundo. Retire do fogo e despeje em um refratário untado. Está pronto seu brigadeiro, você pode enrolá-lo em forma de bolinhas ou comer na colher.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Um bom exemplo de proporção foi dado na receita: para cada lata de leite condensado, cinco colheres de chocolate em pó e uma colher de manteiga... Por quê? Se você colocar menos chocolate seu brigadeiro ficará desbotado, se diminuir a quantidade de leite condensado terá uma sobremesa sem graça. E quanto à manteiga? Se não for a medida indicada (se for menos), seu brigadeiro ficará duro e quebradiço.

Veja só, acabamos de envolver a Estequiometria na receita de brigadeiro. Podemos até escrever uma equação:

1 lata de leite condensado + 5 colheres de chocolate + 1 colher de manteiga → brigadeiro perfeito!

Proporção 1 : 5 : 1.

Portanto, só teremos um brigadeiro perfeito dentro dessa proporção.

Por Líria Alves
Graduada em Química
Equipe Brasil Escola    

Veja mais!

Química do pão – Por que dos buracos na estrutura dos pães?
É hora do algodão doce – processo químico na obtenção.



Química - Estratégias de Ensino - Educador - Brasil Escola
 

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola