Topo
pesquisar

Seleção Natural: Uma proposta metodológica

Estratégias de Ensino

A seleção natural determina os indivíduos mais aptos a sobreviver em um dado ambiente.
PUBLICIDADE

Durante o ensino da seleção natural, muitas vezes alguns conceitos não são bem compreendidos pelos nossos alunos e frequentemente eles entendem que: O mais forte sobrevive! Sabemos que não é bem assim e que nem sempre o mais forte é o mais apto.

Desenvolver técnicas que facilitem a explicação e a absorção de conceitos corretos é fundamental. A proposta deste texto é simples e rápida: Ela baseia-se no caso mais conhecido de seleção natural, as mariposas Biston betularia.

Sabemos que, antes da Revolução Industrial, observava-se em Manchester, Inglaterra, mariposas de coloração mais clara em maior quantidade. Entretanto, após a Revolução, observou-se um aumento de mariposas de cor escura. Isso ocorreu em razão do fato de que a poluição deixou os troncos das árvores mais escuros e as mariposas mais negras conseguiam se camuflar nessas árvores. Isso facilitou sua sobrevivência e esses genes foram passados para a próxima geração.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Para explicar esse exemplo, a sugestão é que sejam confeccionados modelos em papel-cartão, cartolina ou até mesmo EVA. O importante é fazer um fundo preto e aplicar pequenas mariposas de várias cores, incluindo mariposas pretas feitas do mesmo material que o fundo.

Depois de montados, divida a turma em dois grupos e coloque o cartaz com as mariposas a uma distância considerável dos grupos. Se possível, faça a atividade em uma sala mais ampla ou então no pátio da escola. Dê 15 segundos para que os dois grupos façam a conta em silêncio de quantas mariposas o cartaz possui.

Geralmente os alunos contam apenas as coloridas, pois as pretas ficam “camufladas”. Isso mostra perfeitamente o motivo pelo qual as mariposas escuras da Inglaterra sobreviveram‼

De maneira simples e prática, seus alunos serão capazes de compreender esse processo.


Por Vanessa dos Santos
Graduada em Biologia

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola