Whatsapp

Simpsons e a Lei Seca nos EUA

Estratégias de ensino-aprendizagem

A Lei Seca nos EUA marcou profundamente a sociedade estadunidense nas décadas de 1920 e 1930, sendo inclusive tema de um episódio dos Simpsons.
Em um dos episódios, a família Simpson, do famoso seriado da Fox, envolve-se no contrabando de bebidas durante a vigência da Lei Seca.*
Em um dos episódios, a família Simpson, do famoso seriado da Fox, envolve-se no contrabando de bebidas durante a vigência da Lei Seca.*
PUBLICIDADE

A Lei Seca nos EUA foi um dos episódios mais importantes da sociedade estadunidense no início do século XX. Ela consistiu na criação de uma emenda à Constituição dos EUA, a de número 18, proibindo o transporte, a comercialização e produção de bebidas alcoólicas em todo o território dos Estados Unidos.

Isso ocorreu como uma forma de atender aos interesses dos grupos conservadores da sociedade estadunidense, geralmente religiosos, que desde o século XIX pediam medidas restritivas ao consumo e produção de bebidas alcoólicas. Iniciada em 1919, a Lei Seca teve seu fim em 1933, como forma de tentar resolver os problemas econômicos e sociais decorrentes da crise de 1929. A Lei Seca foi a única emenda da Constituição dos EUA a ser revogada.

No episódio 18, da temporada número 08, da série de animação Os Simpsons, intitulada “Homer contra a Lei Seca”, há uma paródia das consequências da Lei com a proibição das bebidas na cidade de Springfield. A utilização desse episódio como instrumento didático de aula pode auxiliar os professores a apresentarem uma visão mais descontraída desse fenômeno histórico, já que a animação apresenta elementos e consequências reais do impacto da Lei Seca nos EUA.

O episódio inicia-se com a festa do Dia de São Patrício, marcada pelo consumo exagerado de álcool. A tradição irlandesa mantida na sociedade estadunidense é apresentada através de uma visão na qual os irlandeses são apresentados como bêbados e brigões, além de odiarem a Inglaterra. O pedido da lei se dá a partir do momento em que Bart se embebeda na festa, estimulando uma onda de crítica moralista aos hábitos etílicos das pessoas de Springfield. A proposta da TV é reviver a antiquada lei seca.

Uma antiga lei proibindo esse hábito foi encontrada nos arquivos da prefeitura da cidade, não sendo necessário criar uma nova lei. A animação passa a mostrar que a proibição estimulou a produção, o contrabando e venda ilegal de bebida, fortalecendo a máfia que realizava a ação clandestina e fomentando a corrupção das forças policiais, como realmente ocorreu nos EUA nos anos 1920. Grandes gângsteres como Al Capone conseguiram a fortuna, poder e fama que tiveram em decorrência do contrabando de bebidas alcoólicas, mostrando que a proibição estimulou inclusive a violência na sociedade.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O bar do Moe tornou-se um speakeasie – bares clandestinos escondidos sob fachadas que remetiam a outros tipos de estabelecimentos comerciais. Um policial durão e quase incorruptível, Rex Banner, foi chamado de Washington para substituir o chefe de polícia da cidade e acabar com a atividade clandestina.

Os policiais Izzy Einstein e Moe Smith, famosos pela repressão durante a Lei Seca. Nos Simpsons, foram parodiados com a personagem Fox Banner
Os policiais Izzy Einstein e Moe Smith, famosos pela repressão durante a Lei Seca. Nos Simpsons, foram parodiados com a personagem Fox Banner.**

Após a vitória inicial dos policiais contra o comércio clandestino de álcool, Homer afirma que o álcool é um modo de vida, passando a vender a bebida e tornando-se o Barão do Álcool. Ele e Bart passaram a comercializar e produzir bebidas no porão de sua casa, através de uma sofisticada forma de entrega, mostrando as diversas formas desenvolvidas pelos gângsteres para burlar a fiscalização.

Outro elemento que mostra as consequências da Lei Seca foi a acumulação de capital nas mãos dos gângsteres, principalmente com a inflação que passou a existir no mercado negro do álcool.

A proposta é que o professor transmita o episódio aos seus alunos (cerca de 20 minutos) e, a partir da história, realize um debate com os alunos sobre a Lei Seca e suas consequências na sociedade dos EUA. Após esse debate, uma pesquisa sobre a Lei e seus desdobramentos pode ser pedida como forma de avaliação, proporcionando ao professor averiguar se os alunos perceberam as similitudes entre a animação e o fato histórico concreto.

––––––––––––––

* Crédito da Imagem: s­_bukley e Shutterstock.com

** Crédito da Imagem: Biblioteca do Congresso dos EUA


Por Tales Pinto
Mestre em História

  • Facebook Brasil Escola
  • Instagram Brasil Escola
  • Twitter Brasil Escola
  • Youtube Brasil Escola
  • RSS Brasil Escola