Topo
pesquisar

Temperatura, pressão e volume de um gás.

Estratégias de ensino-aprendizagem

PUBLICIDADE

O objetivo do experimento é verificar o comportamento dos gases. Utilizando uma seringa de injeção podemos aprender mais sobre o comportamento dos gases.

Material a ser utilizado

- uma seringa de injeção grande (e nova) e com água 
- um pedaço de borracha (de apagar)
- recipiente com água e gelo
- panela com água quente
- arame (para segurar a seringa)

Realizando o experimento

Primeiramente prepare a seringa colocando o êmbolo na posição intermediária. Em seguida espete um pedaço de borracha na ponta da agulha de modo a vedá-la.

Tente mover o êmbolo para dentro e para fora, e observe que ele fará uma resistência, e voltará para a sua posição original. Por que isso ocorre?

Pense na variação de pressão interna quando se varia o volume do gás. Como fica a diferença de pressão nos dois casos?

Em seguida, coloque a seringa dentro do recipiente com água gelada. O que ocorre com o êmbolo? O movimento dele está de acordo com a sua expectativa baseada na Lei dos Gases Ideais?

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Repita o experimento colocando a seringa na panela com água fervente. Se possível, use o arame enrolado no corpo da seringa. Assim que ela atingir o equilíbrio térmico, observe a variação de volume e note que a temperatura final é de 100 ºC. Faça os cálculos para a variação de volume e compare com o experimento.

Observe: geralmente as seringas possuem, por fora, uma graduação do volume. A leitura da graduação na posição do êmbolo mede o volume total de gás dentro da seringa. Desta forma, é possível medir os volumes inicial e final em cada experimento simplesmente observando a escala da própria seringa.

Por Domiciano Marques
Graduado em Física
Equipe Brasil Escola

Física - Estratégias de Ensino - Educador - Brasil Escola

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola