Topo
pesquisar

Visualização de Paramecium

Estratégias de ensino-aprendizagem

PUBLICIDADE


Paramecium: protozoário ciliado.

Determinados alevinos, como os de lebistes e de beta, se alimentam de protozoários em seus primeiros dias de vida, quando outros tipos de alimentos são grandes demais para serem ingeridos por eles.

Aquariofilistas costumam, deste modo, fazer o que denominam “infusório”: infusão de vegetais secos, a fim de cultivar tais micro-organismos, também chamados por este nome. O Paramecium, protozoário ciliado, é o exemplar encontrado com maior frequência.

Como é preparada a infusão:

Uma folha de alface é depositada em um envelope de papel, devendo ser deixada ao Sol por, aproximadamente, três dias;

Cerca de um litro de água é retirado do aquário, sendo colocado em um recipiente de vidro, preferencialmente de cor preta, a fim de evitar a superpopulação de algas;

É adicionada ao copo de vidro a folha de alface, já seca.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Após três dias, provavelmente a água já se encontrará cristalina e os micro-organismos já terão se desenvolvido.

Como coletar os micro-organismos:

Com auxílio de lanterna, direcionar o foco para algum local específico do copo. Em poucos segundos eles se acumularão, sendo percebidos pela formação de uma camada cinzenta na água.

Retirá-los com auxílio de pipeta ou seringa.

Visualização:

Pingar uma ou duas gotas deste líquido em uma lâmina, adicionar algumas fibras de algodão (para limitar os movimentos destes organismos) e cobrir com lamínula.

Retirar o excesso com auxílio de um papel absorvente.

Visualizar ao microscópio, do menor para o maior aumento. Fazer desenhos, identificando as estruturas e características dos micro-organismos visualizados.

Por Mariana Araguaia
Graduada em Biologia
Equipe Brasil Escola

Biologia - Estratégias de Ensino - Educador - Brasil Escola

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola