Topo
pesquisar

Blindando um celular eletrostaticamente

Estratégias de ensino-aprendizagem

A blindagem eletrostática é bastante usada para a proteção de aparelhos elétricos e eletrônicos contra efeitos perturbadores externos.
PUBLICIDADE

Esta atividade experimental tem por finalidade auxiliar o professor na conceituação da blindagem eletrostática. A atividade é considerada de baixo custo pelo fato de ser realizada com materiais de fácil aquisição.

Nesta atividade iremos investigar qual é o comportamento do sinal de um celular quando isolado através de diferentes materiais como, por exemplo, folha de papel e folha de papel alumínio.

Para a realização da atividade serão necessários:

- dois aparelhos celulares sem defeito
- folha de papel
- folha de papel alumínio

Iniciando a atividade:

Primeiramente você deve enrolar um dos celulares com a folha de papel. Usando o celular que está sem embrulho, ligue para o celular que está embrulhado na folha de papel alumínio. Após verificar que o celular embrulhado está chamando, desligue e embrulhe-o com o papel alumínio.

Após ficar bem embrulhado com o papel alumínio, faça novamente o procedimento com o segundo celular - uma ligação para o celular embrulhado no papel alumínio. Perceba, pelo celular desembrulhado, que a mensagem encaminhada pela operadora é de que o celular chamado está fora de serviço, isto é, fora de área de cobertura.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Explicação

Sabemos que a comunicação entre os celulares se dá por ondas eletromagnéticas, portanto, ao ligarmos um celular, ele funcionará como transmissor e receptor de ondas eletromagnéticas. As ondas eletromagnéticas se propagam através de um campo elétrico variável, portanto, em sua propagação é gerado um campo magnético também variável.

Mas o que acontece para que o celular tenha sinal quando embrulhado na folha de papel e perca o sinal quando embrulhado com a folha de papel alumínio?

Quando embrulhado na folha de papel, o celular continua recebendo as ondas eletromagnéticas como se não estivesse embrulhado, pois o papel não é condutor de eletricidade.

O celular perde o sinal quando está enrolado no papel alumínio porque no interior do papel alumínio o equilíbrio eletrostático é nulo e também porque o papel serve como uma blindagem eletrostática, protegendo o celular de qualquer ação de forças externas. Sendo assim, toda onda eletromagnética que chega até o celular fica distribuída na superfície do papel alumínio.


Por Domiciano Marques
Graduado em Física

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola