Topo
pesquisar

A Criança e as Situações Novas

Comportamento

PUBLICIDADE


Até os três anos, o que mais assusta a criança é o temor de ser abandonada.

O medo é um sentimento inerente a todo ser humano, exerce uma função importante para a própria proteção, uma vez que tolhe a exposição excessiva aos riscos.

Desde o nascimento os bebês são totalmente ligados a mãe e dependem dos adultos por um longo tempo. O medo é o sentimento que eles vivenciam desde o começo da vida. Acredita-se que essa experiência ocorre por volta dos três ou quatro meses. Esse é o estágio em que o bebê começa a distinguir aquilo que lhe é familiar ou novo e aprende a diferenciar a mãe do mundo que o cerca.

Como foi mencionado acima, a respeito da ligação do bebê com a mãe, é comum diante de um desconhecido, ele recear o desamparo materno. Até a faixa etária dos três anos, o que mais assusta a criança é o temor de ser abandonada.

Em razão disso, entrar numa Escola de Educação Infantil é uma situação nova que pode ocasionar medo. No contexto até então desconhecido para a criança, não existirá nenhum membro da família por perto. Por isso a adaptação é importante, como um processo singular de cada criança. O bebê ou a criança pequena, por exemplo, podem ficar por um tempo menor na escola, assim ela terá condições de sentir menos o impacto do ambiente novo. Outro aspecto essencial que poderá proporcionar confiança e proteção aos pequeninos é a forma com que esses são recebidos pelos professores, uma recepção acolhedora é bem vinda nesse momento.

Como a criança pequena ainda não tem condições de verbalizar seus sentimentos, uma forma de identificar se ela está com medo é observando comportamentos como choro, semblante de susto, inquietação, algumas reações físicas como respiração intensa, coração acelerado, músculos contraídos. Depois que aprendem a falar, o medo pode ser expresso através de frases.

Você pode propiciar à criança um espaço onde ela possa falar sobre aquilo que a angustia, acolhendo-a e estimulando-a a desenhar ou expressar os seus sentimentos. Outra maneira interessante é dizer para a criança que o medo também faz parte do seu mundo.

Por Patrícia Lopes
Equipe Brasil Escola

Comportamento - Educador - Brasil Escola



 

PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola