Whatsapp

Novas ferramentas digitais para professores

Estratégias de ensino-aprendizagem

Novas ferramentas digitais ganham espaço no contexto educacional. Plataformas dinâmicas e interativas ajudam professores em propostas pedagógicas mais atrativas.
A plataforma Miro garante aulas mais dinâmicas e criativas com o uso dos mapas mentais. [1]
A plataforma Miro garante aulas mais dinâmicas e criativas com o uso dos mapas mentais. [1]
PUBLICIDADE

O processo de ensino e aprendizagem no contexto escolar, desde o início da pandemia de covid-19, tem passado por impactos e mudanças. O uso de tecnologias com o objetivo de possibilitar a continuidade das atividades escolares se intensificou e recebeu novas alternativas, cada vez mais interativas e dinâmicas.

Diante disso, é fundamental que os professores estejam informados sobre essas novas ferramentas, que apresentam funcionalidades essenciais e compatíveis com uma realidade informatizada e imersa no ambiente da internet.

As novas tecnologias inseridas e aprimoradas durante o período de isolamento e distanciamento social garantem sua utilidade não somente nas aulas remotas, mas também nas aulas presenciais. Com esse suporte tecnológico, as aulas tendem a ganhar rotinas mais dinâmicas por meio da praticidade e novas possibilidades pedagógicas.

Confira cinco tipos de ferramentas digitais que auxiliam o trabalho do professor:

1) Mapas mentais

Com o objetivo de resumir informações de um modo mais criativo e visual, os mapas mentais são extremamente funcionais para o ensino. Ao usar esses mapas, os professores podem sintetizar conceitos mais difíceis ou mesmo conteúdos complexos em uma estrutura visual mais simples.

A Miro é uma lousa digital gratuita, dinâmica e fácil de usar, desenvolvida para a realização de tarefas e trabalhos que envolvem a colaboração de outras pessoas, de forma instantânea e remota. Aos professores, apresenta-se como um quadro online, infinito e interativo que pode ser facilmente acessado por quaisquer dispositivos.

Para fazer um mapa mental, é simples, basta conectar uma ideia central a conceitos relacionados. O diferencial é a criatividade no desenvolvimento dessa estrutura, que permite o uso de cores, formas, imagens, emojis ou quaisquer outros elementos que possam facilitar a compreensão dos alunos.

Crie o seu mapa mental de forma gratuita com a Miro

A plataforma da Miro possibilita aos profissionais da educação modelos totalmente personalizáveis, nos quais os professores podem fazer adaptações conforme suas demandas.

Para tornar esse processo ainda mais atrativo, é possível a criação de mapas mentais de forma colaborativa. Nesse sentido, os professores possuem em suas mãos uma excelente oportunidade de aplicar atividades participativas com os estudantes.

Atualmente, a Miro conta com mais de 30 milhões de usuários, que utilizam a plataforma para facilitar e impulsionar o desenvolvimento de tarefas de modo mais criativo.

Além dos mapas mentais, estudantes e professores podem elaborar planos de estudos na Miro
Além dos mapas mentais, estudantes e professores podem elaborar planos de estudos na Miro

2) Google for Education

As ferramentas do Google direcionadas aos processos de ensino e aprendizagem garantem maior liberdade e personalização para que os professores gerenciem seu trabalho. Com soluções inovadoras e integradas, as aplicações do Google para atividades pedagógicas garantem um processo de planejamento, aplicação e avaliação mais interativos e dinâmicos aos profissionais da educação.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Com o Google Classroom, por exemplo, os professores contam com recursos que enriquecem a experiência da aula. Confira abaixo o que é possível fazer na plataforma com a versão gratuita:

  • Criar e agendar tarefas, testes e outras atividades para diversas turmas simultaneamente, bem como acompanhar a interação dos estudantes com as demandas das aulas.

  • Acompanhar diariamente o progresso dos estudantes no diário de classe. É possível exportar notas para o sistema de informações da sua escola.

  • Registrar frases utilizadas com frequência em uma central de comentários personalizável.

  • Avaliar os trabalhos dos estudantes com o uso de rubricas.

  • Trocar com facilidade as turmas, tarefas e estudantes.

3) Quizzes interativos

O uso do quiz interativo na rotina de aula é interessante aos professores, pois a ferramenta possibilita avaliar os conhecimentos de uma maneira leve e intuitiva. Com a aplicação desses quizzes, os professores podem estimular os estudantes em desafios de forma dinâmica, garantindo maior engajamento dos discentes em etapas de avaliação.

4) Videoaulas

Para ampliar os conteúdos ministrados, os professores podem fazer uso das videoaulas. O recurso audiovisual possibilita aulas didáticas e fundamentais para complementar os conteúdos, proporcionando um aprofundamento dos temas discutidos em sala de aula.

Aqui no Brasil Escola, é possível encontrar uma variedade de aulas em vídeos dinâmicos sobre diferentes temas. São centenas de vídeos das disciplinas de Biologia, Física, Filosofia, Espanhol, Português, Inglês, Química, Geografia, História, Matemática, Sociologia e videoaulas preparatórias para o Enem.

Confira a página de videoaulas do Brasil Escola

5) Bibliotecas digitais

As bibliotecas digitais podem garantir aos docentes uma diversidade de obras de quaisquer gêneros e áreas. De forma gratuita, os professores podem acessar o site Domínio Público, por exemplo, que possui produções científicas, obras literárias e artísticas em diferentes formatos, como texto, áudio ou vídeo. O portal ajuda no processo de planejamento das aulas, já que o professor pode acessar facilmente as obras com as quais ele trabalhará em sala de aula.

Crédito das imagens

[1] Miro (reprodução)

[2] Miro (reprodução)

 

Por Lucas Afonso
Jornalista

Artigos Relacionados
O curso para professores foi lançado pelo Instituto Península, com o intuito de combater sintomas de estresse e ansiedade em alunos nas escolas.
  • Facebook Brasil Escola
  • Instagram Brasil Escola
  • Twitter Brasil Escola
  • Youtube Brasil Escola
  • RSS Brasil Escola