Topo
pesquisar

A difícil relação entre o professor e o aluno que paga mensalidade

Orientações

PUBLICIDADE


O aluno que paga mensalidade acha que pode tudo em sala.

A educação brasileira vem enfrentando uma série de problemas em escolas públicas e particulares. Nas escolas privadas ocorre com grande freqüência a situação de o aluno afrontar e desrespeitar o professor com exigência, arrogância, muitas vezes pensando que esse profissional é seu funcionário.

Tal pensamento advém do fato que o aluno, ou melhor, o pai paga uma mensalidade. Em suma, pai e filho se acham no direito de interferir no trabalho e na autonomia do profissional, pressionando para que, dentre outras coisas: não haja reprovações, se antecipe as férias, os trabalhos escolares sejam recebidos em datas vencidas. Diante das situações apontadas acima, o que pode ser feito para evitá-las? A seguir, algumas medidas que podem impedir problemas dessa natureza no ambiente escolar:

- Logo ao iniciar as aulas a escola e o corpo docente tem a incumbência de expor aos país e alunos acerca das regras internas (exemplo: uso de celular, Mp3/4/5, uso do boné, piercing, namoro entre outros) que devem ser cumpridas sem exceções e privilégios. É importante explicar os motivos que levam a aplicação de determinadas normas.

- Os professores, independentemente da área de atuação, devem discutir e reforçar com os alunos a respeito de valores éticos e humanos.

- Em uma situação em que o aluno ameace o professor, o mesmo deve agir de maneira firme, sem medo e insegurança.

- A escola não deve “crucificar” o trabalho do professor a partir, somente, da visão do aluno.

- Quando um aluno se dirigir ao professor de maneira ofensiva e arrogante, o educador deve agir diplomaticamente, tentando ouvir, estabelecendo um diálogo para alcançar uma solução amigável.

- Falar para o aluno que a escola não se resume em notas, aprovações e reprovações, e sim em um lugar de formação plena do indivíduo.

Por Eduardo de Freitas
Graduado em Geografia
Equipe Brasil Escola

Orientações - Educador

PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola