Topo
pesquisar

Palestras em escolas

Orientações

PUBLICIDADE


Palestra de trânsito realizada numa escola de Corumbá.

A escola possui muitos objetivos: ensinar a ler, escrever, somar, dividir, interpretar, entre outros. No entanto, a escola não pode se abster de levar para o aluno outros tipos de conhecimentos que não se encontram nos parâmetros escolares ou nas grades curriculares.

Estamos nos referindo aos conhecimentos e informações úteis à construção do caráter e da cidadania. Nesse sentido, a escola pode abrir suas portas para entidades como grupos ambientais, organizações não-governamentais, universidades e órgãos públicos.

Tais instituições podem fornecer informações acerca de temas polêmicos ou não. A polícia, por exemplo, realiza um trabalho de alerta sobre os perigos das drogas através do PROERD – Programa Educacional de Resistência as Drogas e à violência, além de apresentar suas forças especiais e cães treinados. Os órgãos públicos ligados ao trânsito podem também oferecer informações sobre:

1) responsabilidade nas ruas ao dirigir;
2) o respeito às leis de trânsito;
3) os riscos em dirigir embriagado;
4) importância do uso do cinto de segurança, além de outros temas relacionados.

Atualmente muitas instituições promovem uma série de trabalhos dessa natureza, alguns possuem departamentos exclusivos para esse tipo de público. Mas mesmo assim nem todas as escolas levam tais atividades para seus alunos.

Os hospitais podem também ser uma rica fonte de informações sobre o corpo humano, tratando assuntos que muitas vezes não são abordados em sala, principalmente assuntos relacionados à gravidez, órgãos reprodutores, higiene pessoal, doenças, entre outras.

Integrações como essas podem alcançar objetivos satisfatórios, além de desenvolver a sociabilidade e o interesse acerca de determinados temas.

Por Eduardo de Freitas
Equipe Brasil Escola

Orientações - Educador

PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola