Topo
pesquisar

A importância da música no processo de ensino-aprendizagem

Sugestões para Pais e Professores

PUBLICIDADE


Os benefícios das aulas de música são vistos desde os primeiros anos escolares.

A música é reconhecida por muitos pesquisadores como uma espécie de modalidade que desenvolve a mente humana, promove o equilíbrio, proporcionando um estado agradável de bem-estar, facilitando a concentração e o desenvolvimento do raciocínio, em especial em questões reflexivas voltadas para o pensamento filosófico.

Segundo estudos realizados por pesquisadores alemães, pessoas que analisam tons musicais apresentam área do cérebro 25% maior em comparação aos indivíduos que não desenvolvem trabalho com música, bem como aos que estudaram as notas musicais e as divisões rítmicas, obtiveram notas 100% maiores que os demais colegas em relação a um determinado conteúdo de matemática.

Com base em pesquisas, as crianças que desenvolvem um trabalho com a música apresentam melhor desempenho na escola e na vida como um todo e geralmente apresentam notas mais elevadas quanto à aptidão escolar.

A valorização do contato da criança com a música já era existente há tempos, Platão dizia que “a música é um instrumento educacional mais potente do que qualquer outro”.

Hoje é perfeitamente compreensível essa visão apresentada por Platão, visto que a música treina o cérebro para formas relevantes de raciocínio.

Eis então uma reflexão para pais e principalmente educadores, buscando inserir a música no seu planejamento, bem como criar estratégias voltadas para essa área, incentivando a criança a estudar música, seja através do canto ou da prática com um instrumento musical, isso desde a educação infantil.

Por Elen Campos Caiado
Graduada em Fonoaudiologia e Pedagogia
Equipe Brasil Escola

Sugestões Pais e Professores - Educador - Brasil Escola

DEIXE SEU COMENTÁRIO
  • Pedro das Barcassexta-feira | 17/04/2015 07:49Hs
    é muito importante este conteudo
  • Fabricio Hofman da Silvaquinta-feira | 23/10/2014 15:01Hs
    Boa tarde. Sou licenciado em música e gostaria apenas de contribuir com uma observação. O que o artigo diz é comprovado por vários estudos e está correto, porém não podemos confundir consequência com objetivo. Eu defendo o ensino universal da música como forma de construção da cidadania e do caráter do indivíduo, pleno de suas capacidades. A música é uma área de conhecimento por si só, não devendo servir apenas de suporte a outras áreas. Assim como é importante desenvolver a inteligência lógico-matemática, cinético-espacial, interpessoal, entre outras, é importante desenvolver a inteligência pessoal, para que todas as áreas colaborem no desenvolvimento humano. Os benefícios citados na matéria são consequências e não os objetivos finais do ensino de música.
  • Luacianasexta-feira | 25/04/2014 14:23Hs
    Excelente matéria! Parabéns
  • katiaterça-feira | 01/04/2014 18:37Hs
    Realmente a música nos proporciona um bem estar, contribuindo para o nosso raciocínio.
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola