Topo
pesquisar

Perigos das salas de bate-papo para estudantes

Sugestões para Pais e Professores

PUBLICIDADE


Perigos que vêm das salas de bate-papo.

Estamos vivendo um momento no qual as informações são dinâmicas e as notícias correm rapidamente em âmbito global. Atualmente existe uma grande quantidade de instrumentos que estão a serviço da comunicação que trazem resultados positivos e negativos para a sociedade.

Uma das formas mais difundidas hoje nas telecomunicações é a internet, esse mecanismo tornou o mundo menor, por possibilitar adquirir informações em tempo real, além disso, pode-se conhecer distintos lugares do mundo sem sair de casa.

As salas de bate-papo é uma febre na sociedade, especialmente entre os jovens, adolescentes e crianças. Porém, os pais devem ficar atentos quanto ao conteúdo, ou melhor, acerca das informações que seus filhos estão fornecendo e para quem, pois como se trata de um instrumento que não faz restrições de pessoas e pode ser acessado por qualquer individuo é preciso ter bastante cuidado.

Os pais e também educadores têm a incumbência de conscientizar essa camada, que muito utiliza essa ferramenta tecnológica, de que não se deve conceder informações pessoais que podem identificá-lo, tais como nome de escola, cidade, nome dos pais entre outras, desse modo é bom ressaltar que da mesma maneira não se pode conversar com estranhos, nem informar dados com uma senha de banco, por exemplo.

Esse cuidado evita contato com pedófilos que ficam conectados com a finalidade de conhecer perfis para uma possível ofensiva, nesse sentido, pessoas com esse tipo de caráter mantém diálogo como se fossem da mesma faixa etária dos adolescentes, para assim ganhar confiança. Eles também usam de artimanhas como questionamentos que parecem sem nenhum objetivo ou intenção aparente, no entanto, ao serem reveladas as respostas são combinadas, assim o aliciador consegue estabelecer conhecimentos sobre a vida da possível vítima.

Esses maníacos são astúcios, pois usam assuntos tais como clima, eventos locais, time que torce, entre outras informações, isso por que ele pretende monitorar o adolescente até chegar ao ponto de segui-lo até sua residência e escola, isso deixa claro que esse assunto é um problema real.

Outro procedimento usado pelos aliciadores é de apenas observar as conversas nas salas de bate-papo, assim, até mesmo quando estiver mantendo um diálogo com um conhecido é preciso ter um cuidado extremo. Quando as informações são enviadas as pessoas mal-intencionadas ficam observando.

O grande perigo é não saber realmente quem está do outro lado da tela, pois assim fica fácil mentir.

Em suma, informar crianças, adolescentes e jovens é função dos pais e também dos professores, para que esses não caiam nas mãos de pedófilos e outras pessoas com intenções deploráveis. A internet veio para ficar, quanto a isso não resta dúvida, o que temos que fazer é educar quem vai utilizá-la.

Por Eduardo de Freitas
Graduado em Geografia
Equipe Brasil Escola

Sugestões  Pais e Professores - Educador - Brasil Escola

PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola