A Importância das Listas de Exercícios

Estratégias de ensino-aprendizagem

PUBLICIDADE

Dentre as várias ferramentas de ensino utilizadas pelo professor, as listas de exercícios se destacam como uma das principais formas de fixação e aplicação dos conteúdos estudados. Elas podem ser introduzidas a partir do Ensino Fundamental II, mediante exercícios de nível fácil, médio e difícil, preparando os alunos para a dinâmica do Ensino Médio. A partir do 9º ano as listas devem conter exercícios de maior grau de complexidade, retirados de concursos e vestibulares nacionais.

A metodologia deve envolver aulas expositivas e demonstrativas, exercícios do livro didático e listas de exercícios. As listas do Ensino Médio relativas ao 1º e 2º ano devem ser produzidas abrangendo conteúdos específicos relacionados a essas turmas. No 3º ano e no preparatório para o vestibular, as listas devem abranger todos os modelos de questões pertencentes aos inúmeros vestibulares das universidades brasileiras.

Ao confeccionar uma lista de exercícios, procure relacionar cada questão à abreviatura do nome da universidade, pois além de valorizar o material, o aluno toma conhecimento do tipo de questão apresentada no processo seletivo da instituição de ensino superior. A maioria dos preparatórios orienta seus professores a trabalharem somente com listas, conciliando revisões de conteúdos com aplicações na resolução comentada dos exercícios.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A fonte de pesquisa utilizada na obtenção dos exercícios são as mais variadas, como sites das universidades, das instituições organizadoras dos vestibulares e de pesquisas educacionais. Também podem ser encontrados em livros didáticos e cadernos de exercícios. Fixando seus estudos nesse formato de preparação, os jovens passam a obter uma visão geral do que e como será cobrado o conhecimento adquirido durante os anos de sua vida estudantil, visando o ingresso no Ensino Superior.

Por Marcos Noé
Graduado em Matemática
Equipe Brasil Escola

Matemática - Estratégias de Ensino - Educador - Brasil Escola