Whatsapp

Anatomia humana – sugestão de aula

Estratégias de ensino-aprendizagem

PUBLICIDADE


Corpo humano dissecado

Ensinar disciplinas que envolvem anatomia humana nem sempre é fácil para o professor, pois nem toda escola possui um modelo didático, quando possui, os alunos, na maioria das vezes, não podem tocar. Além disso, quando os estudantes veem os desenhos no livro, têm dificuldades para compreender a diferença entre os órgãos ou seu funcionamento.

Para isso, sugiro uma aula diferente para o aprendizado de anatomia humana. O objetivo é conhecer o próprio corpo, conscientizando-se da importância da saúde, da prevenção de doenças e dos benefícios de uma vida equilibrada, com alimentação saudável e atividades físicas regulares. Apresentar o corpo humano instigará a curiosidade sobre o assunto que está sendo ministrado, além de facilitar o estudo e a compreensão da fisiologia.

A primeira aula sobre o assunto deve ser teórica, durante a qual os alunos terão tempo para ler e visualizar nos materiais didáticos todas as partes do corpo, por exemplo, por meio de um cartaz que a escola possua ou mesmo nos livros de cada um e, se possível, pela internet, pois somente o fato de sair da rotineira sala de aula faz com que os alunos fiquem mais interessados no conteúdo.

O professor pode fazer uma gincana rápida na qual irá colocar nomes de órgãos pertencentes a diferentes sistemas e os nomes dos sistemas, tudo isso de maneira desordenada. A sala pode ser dividida em dois grupos e os alunos devem responder a qual sistema determinado órgão pertence. Por exemplo, o coração participa de qual sistema? Sistema circulatório. Se um grupo errar, passa a vez de responder para o outro grupo e assim por diante, até finalizarem os nomes estudados.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Posteriormente, é interessante programar uma aula prática para conhecer laboratórios de anatomia de alguma universidade próxima da escola. Geralmente, as próprias faculdades possuem projetos que permitem a visita agendada dos estudantes. Conhecer o ambiente acadêmico é curioso e fascinante para os estudantes que ainda não passaram por essa experiência.

Por último, pode-se solicitar aos alunos um trabalho escrito que envolva a pesquisa mais aprofundada dos conhecimentos vistos para posterior discussão e tira dúvidas em sala de aula. Pode-se fazer um trabalho multidisciplinar, no qual o professor de educação artística ficará responsável pelos desenhos do corpo humano em geral e de seus órgãos. O professor de educação física poderá trabalhar os músculos mais utilizados nos diferentes tipos de esporte, enquanto o professor de história pode informar sobre a importância do estudo de anatomia na história da ciência.

O professor de matemática poderá trabalhar as diferentes formas dos órgãos e músculos, volume e geometria; professor de química, os diferentes tipos de compostos do organismo, suas composições e utilidade. O professor de português poderá trabalhar a linguagem utilizada para nomear as diferentes partes do organismo.

Assim, o aluno se envolve completamente e se diverte. E o mais importante, compreende dentro de vários aspectos a importância da anatomia e fisiologia humana. Com isso, poderá passar aos seus familiares e amigos conhecimentos adquiridos na escola, fixando ainda mais o conteúdo e se beneficiando do aprendizado.

Por Giorgia Lay-Ang
Graduada em Biologia
Equipe Brasil Escola

Biologia - Estratégias de Ensino - Educador - Brasil Escola

Artigos Relacionados
Entenda a importância dos relatórios de aula prática e como confeccioná-los de modo a garantir a sua qualidade.
Já pensou em como melhorar suas aulas de anatomia humana? Que tal a confecção de um atlas do corpo humano?
  • Facebook Brasil Escola
  • Instagram Brasil Escola
  • Twitter Brasil Escola
  • Youtube Brasil Escola
  • RSS Brasil Escola