Topo
pesquisar

Aquecimento das substâncias e suas características iônicas, moleculares e metálicas

Estratégias de ensino-aprendizagem

PUBLICIDADE

As substâncias apresentam diferentes tipos de propriedades de acordo com suas ligações químicas
As substâncias apresentam diferentes tipos de propriedades de acordo com suas ligações químicas

As substâncias possuem características diferentes, em razão do tipo de ligação química existente entre os átomos de seus elementos, entre outros motivos.

Existem três tipos de ligações químicas, que são: iônica, covalente e metálica, sendo que as principais características ou propriedades de cada uma são:

Substâncias iônicas:

  • A atração entre seus íons acaba produzindo aglomerados com formas geométricas bem definidas, denominados retículos cristalinos;
  • São sólidas na temperatura ambiente;
  • Apresentam elevados pontos de fusão e ebulição;
  • São duras e quebradiças;
  • Conduzem corrente elétrica quando dissolvidas na água e quando fundidas.

Substâncias moleculares:

  • Em condições ambientes podem ser encontradas nos três estados físicos: gasoso, líquido e sólido;
  • Pontos de fusão e ebulição menores que os das substâncias iônicas;
  • Quando puras, não conduzem corrente elétrica.

Substâncias metálicas:

  • Possuem brilho metálico característico;
  • São boas condutoras de eletricidade e calor;
  • Possuem densidade elevada;
  • Possuem pontos de fusão e ebulição elevados;
  • São maleáveis e apresentam ductibilidade;
  • Apresentam resistência à tração.

Para distinguir se determinadas substâncias do nosso dia a diasão iônicas, moleculares ou metálicas, podem-se analisar essas características e compará-las. Duas propriedades bem eficazes nesse sentido, por exemplo, são os pontos de fusão e ebulição. Vejamos como podemos usá-los para definir o tipo de ligação química existente em cada substância:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Objetivo:

Observar os estados físicos de substâncias moleculares, iônicas e metálicas sob as mesmas condições de temperatura e pressão.

Materiais e Reagentes:

  • Tampa de lata de leite em pó;
  • Parafusos e martelo;
  • 5 colheres pequenas;
  • 5 g de cada uma das substâncias a seguir: enxofre em pó (S8), naftaleno (naftalina triturada – C10H8), cloreto de sódio (sal de cozinha – NaCl), sacarose (açúcar refinado – C12H22O11) e sulfato de cálcio (giz em pó – CaSO4);
  • Suporte com tela para aquecimento;
  • Lamparina a álcool e fósforos.

  Procedimento experimental:

  1. Bata nos parafusos com o martelo sobre a tampa da lata, fazendo cinco cavidades, porém sem perfurar;
  2. Coloque cada amostra com uma colher diferente em uma das cavidades separadas;
  3. Leve para aquecer;
  4. Anote as observações.

Resultados e Discussão:

Peça aos alunos para fazerem uma tabela colocando em ordem cronológica as substâncias que sofreram modificações. Forneça para eles uma tabela com a temperatura de fusão e de ebulição dessas substâncias e peça para eles compararem com os dados obtidos.

Por fim, eles devem chegar à conclusão de qual é a ligação que une os átomos de cada uma das substâncias e indicar quais características observadas durante o experimento apontaram para tais resultados.


Por Jennifer Fogaça
Graduada em Química

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola