Whatsapp

Aula prática sobre papiloscopia

Estratégias de ensino-aprendizagem

PUBLICIDADE

A papiloscopia é a ciência que trata da identificação humana através das papilas dérmicas encontradas na palma das mãos e na sola dos pés. É uma ciência mais conhecida pelo estudo das impressões digitais. A papiloscopia se subdivide em quiroscopia, podoscopia, poroscopia e datiloscopia.

A quiroscopia é o processo de identificação humana por meio das impressões da palma da mão, classificada em três regiões: tênar, hipotênar e superior.

A podoscopia é o processo de identificação humana através das impressões da sola dos pés. Esse tipo é mais utilizado em maternidades, na identificação dos recém-nascidos.

A poroscopia é o tipo de identificação que utiliza os poros digitais.

A datiloscopia trata da identificação e exame das impressões digitais e se divide em datiloscopia civil (que identifica pessoas para fins civis, como expedição de documentos, etc.) e datiloscopia criminal (que identifica pessoas indiciadas em inquéritos, acusadas em processos ou em crimes).

Há quatro tipos de impressões digitais:

- Arco: é o datilograma geralmente adéltico, formado por linhas que atravessam o campo digital, apresentando em sua trajetória formas mais ou menos paralelas abauladas ou alterações características.

- Presilha interna ou alça ulnar: é o datilograma com um delta à direita do observador, apresentando linhas que, partindo da esquerda, curvam-se e voltam ou tendem a voltar ao lado de origem, formando laçadas.

- Presilha externa ou alça radial: é o datilograma com um delta à esquerda do observador, apresentando linhas que, partindo da direita, curvam-se e voltam ou tendem a voltar ao lado de origem, formando laçadas.

- Verticilo: é o datilograma com um delta à direita e outro à esquerda do observador, tendo pelo menos uma linha livre e curva à frente de cada delta.

Tipos fundamentais de impressões digitais
Tipos fundamentais de impressões digitais

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Vucetich criou o seu próprio sistema de arquivamento e identificação, que foi implantado pela polícia de La Plata em 1891, e é utilizado ainda hoje. A fórmula utilizada por Vicetich é:

Fórmula de Vucetich utilizada no arquivamento de impressões digitais

A cada tipo de impressão digital são atribuídos um número e uma letra. É a partir daí que se compõe uma fórmula datiloscópica, conhecida como sistema datiloscópico de Vucetich.

Sistema datiloscópico de Vucetich

No arquivamento de Vucetich são utilizados os dez dedos das mãos da pessoa para classificação e arquivamento. Todas as impressões são coletadas e distribuídas em uma ficha específica que contém a sequência polegar, indicador, médio, anular e mínimo. Como no modelo abaixo:

Modelo de ficha de aquivamento

Para realizar esta aula prática o professor irá precisar de lupa, almofada para carimbo, álcool ou lenço umedecido.

Procedimentos da aula

- escolha alguns alunos e pressione a digital de cada dedo das mãos em uma almofada de carimbo;

- pressione as digitais no espaço reservado nas fichas de arquivamento (P-polegar; I-indicador; M-médio; A-anelar; m-mínimo);

- utilize álcool ou lenço umedecido para limpar os dedos dos alunos;

- com as impressões digitais em mãos, utilize uma lupa para identificar os tipos de impressões digitais coletadas;

- preencha os dados da Quantidade de linhas (QL) conforme a tabela 1;

- com os dados da QL, obtenha a fórmula datiloscópica.


Paula Louredo
Graduada em Biologia

Artigos Relacionados
Entenda a importância dos relatórios de aula prática e como confeccioná-los de modo a garantir a sua qualidade.
  • Facebook Brasil Escola
  • Instagram Brasil Escola
  • Twitter Brasil Escola
  • Youtube Brasil Escola
  • RSS Brasil Escola